<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

12 tendências em redes sociais para 2024

O ano de 2023 foi marcado por muitas novidades, mudanças e aprendizados, principalmente na área tecnológica – e 2024 não deve ser diferente. Por isso, é importante já ficar de olho nas tendências em redes sociais que estão vindo e se preparar para seus possíveis impactos no mundo do marketing.

Redes sociais como motores de busca, o ressurgimento do formato de texto e vídeos longos, inteligência artificial são algumas tendências às quais os profissionais devem estar atentos. Confira mais a seguir: 

Quais são as redes sociais mais utilizadas?

Antes de analisar as tendências em redes sociais para 2024, é importante dar um passo atrás e relembrar os seis principais meios de comunicação social que você deve ter em mente para sua estratégia de marketing. 

  • Facebook: apesar da percepção geral, o Facebook continua a ser a plataforma mais popular do mundo para pessoas e profissionais de marketing, com 3 bilhões de usuários ativos por mês. Embora outras redes sociais estejam em forte ascensão, em termos de quota de mercado, essa ainda é considerada a mais relevante. Portanto, deve fazer parte da sua estratégia de marketing digital, principalmente para campanhas publicitárias.
  • Instagram: é a plataforma mais utilizada pelos influenciadores em todo o mundo e vai continuar assim graças ao seu formato de imagem e vídeo, principalmente com Reels. Além disso, alcança números mais elevados do que o Facebook em termos de engajamento com os usuários.
  • TikTok: parece ter se estabilizado após seu crescimento espetacular nos anos anteriores. Atualmente conta com mais de 1 bilhão de usuários e é a plataforma preferida da Geração Z – apesar de atrair pessoas de todas as idades.
Você gosta do que está lendo? Inscreva-se para receber os novos posts e notícias de marketing e vendas no seu e-mail
  • Twitch: esta plataforma de streaming conseguiu demonstrar a sua importância dentro da iInternet. Suas características particulares fazem com que essa rede tenha seu lugar na realização de novas estratégias de marketing, uma vez que sua eficácia está atrelada a visualização de uma grande diversidade de conteúdos que favorecem uma melhor ligação entre influenciador e utilizador.
  • X: apesar de todas as polêmicas em que se envolveu desde a sua compra por Elon Musk, a rede social antes conhecida como Twitter está em melhor forma do que nunca. As novas funcionalidades introduzidas, como a monetização para os utilizadores, o novo selo azul e as notas da comunidade, têm sido muito bem recebidas pelos usuários. É sem dúvida uma das redes mais importantes do momento.
  • LinkedIn: ano após ano, essa continua sendo a rede social líder para profissionais – principalmente por não ter nenhum concorrente. O ano de 2023 foi marcado por um grande crescimento na criação de conteúdos nesta plataforma, essencial principalmente para empresas B2B
Statistic: Most popular social networks worldwide as of October 2023, ranked by number of monthly active users (in millions) | Statista

Fonte: Statista

Confira as 12 tendências em redes sociais para 2024

Chegou a hora de revelar quais serão as principais tendências em redes sociais para 2024. Embora ninguém tenha uma bola de cristal ou uma Inteligência Artificial (AI) que possa prever o futuro, especialistas concordam que esses pontos serão bastante relevantes para os próximos meses: 

1. Redes sociais como motores de busca

Já vemos uma mudança significativa no comportamento de pesquisa: usuários mais jovens, principalmente os GenZ, estão usando as redes sociais como buscadores. Alguns estudos indicam, inclusive, que pessoas entre 18 e 24 anos preferem usar o TikTok ou o Instagram para realizar determinadas buscas, como lugares para comer.

Embora o Google continue a ser o rei dos motores de busca, o fenômeno chamado Social Search vai aumentar sua influência em 2024. Os profissionais de marketing devem estar muito atentos a isto para criar estratégias que lhes permitam posicionar o seu conteúdo nas redes sociais e aproveitar a oportunidade para atrair novos seguidores.

Conheça as ferramentas, preços e como a HubSpot pode ajudar a alcançar seus objetivos de marketing

2. A IA continuará a ser a protagonista

A revolução da inteligência artificial vista em 2023 deu o que falar. Com o ChatGPT no comando, surgiram várias ferramentas prometendo fazer de tudo – desde analisar dados e automatizar tarefas até gerar imagens, texto, áudio e vídeos. Em outras palavras, não há dúvida de que a IA está redefinindo a forma como trabalhamos e vivemos.

Como não poderia deixar de ser, a IA também está influenciando as redes sociais: ela facilita a criação de conteúdo e gerou até mesmo um novo tipo de influenciador, o "IAinfluencer", modelos virtuais que estão triunfando nas redes. Prever o que vem em 2024 é quase impossível, mas não há dúvida de que a Inteligência Artificial continua em um lugar de destaque

3. O ressurgimento do formato de texto

Apesar da crescente popularidade do conteúdo visual, o formato de texto está ganhando força. Redes sociais como X e LinkedIn já observam um aumento no envolvimento com postagens de texto, o que sugere que os usuários estão procurando um conteúdo mais profundo e cuidadoso para ler em seu próprio ritmo.

Redes sociais como Mastodon, com 1,7 milhão de usuários mensais, Bluesky; com 1 milhão de usuários ativos, ou o Facebook Threads mostram que a popularidade do conteúdo em formato de texto é real. Logo, incluir este tipo de publicações na sua estratégia para 2024 pode ser uma boa ideia.

Fonte: Instagram

4. Vídeos longos estão de volta

E se o formato texto voltou à moda, parece que o consumo de vídeos longos também ressurgiu. Contrariando a tendência atual, onde os vídeos curtos triunfam nas redes sociais, muitos usuários começaram a cansar deste tipo de conteúdo e buscam uma forma mais lenta de consumir informação.

Plataformas como o YouTube já estão observando um aumento na visualização de vídeos mais longos e detalhados. O TikTok aumentou recentemente a duração máxima de seus vídeos para 3 minutos, e o Instagram fez o mesmo pouco tempo depois. Além disso, cada vez mais criadores estão aderindo a esta mudança, o que pode ser uma grande oportunidade para produzir conteúdo duradouro e de alta qualidade.

Nova call to action

5. A preferência continua sendo os vídeos curtos e verticais

Embora o ressurgimento dos vídeos longos seja uma das tendências em redes sociais para 2024, a preferência continuará a ser dos vídeos curtos e em formato vertical. Instagram Reels e TikTok foram os protagonistas de 2023, e não parece que este formato vai sofrer mudanças bruscas tão cedo. 

Além do mais, o YouTube Shorts também experimenta um crescimento notável. 2024 será um ano de consolidação para todas estas plataformas, pelo que será fundamental que as marcas e criadores continuem a adaptar-se a este formato e a aproveitar a sua capacidade de atrair e reter a atenção dos utilizadores. 

6. Autenticidade e qualidade continuam a ser fundamentais

Ainda que tenha sido revolucionária em muitos sentidos, o uso da Inteligência Artificial trouxe tendências em redes sociais negativas: conteúdos de baixa qualidade, generalistas e pouco inovadores. Isso está causando desengajamento dos usuários, que querem autenticidade, originalidade e qualidade – característica que continuam a ser fundamentais em 2024. 

Lembre-se de que a IA é uma ferramenta de suporte que pode acelerar seu fluxo de trabalho, bem como desbloquear novas oportunidades criativas. Usá-lo para gerar mais conteúdo pode ser bom – mas nada adianta se ele for de baixa qualidade, genérico e sem valor. Diante disso, os usuários valorizam mais do que nunca a autenticidade, o que só é possível quando existe um componente humano e esforço despendido na criação de conteúdo.

7. Storytelling versus saturação de conteúdo

Com a chegada incessante de marcas e influenciadores em todas as redes sociais, muitos usuários estão cansados ​​de consumir sempre o mesmo tipo de conteúdo. Nesta situação de saturação de conteúdo e impactos publicitários, o storytelling se posiciona como uma das tendências nas redes sociais para 2024

Mais do que nunca, é preciso criar histórias que se conectem emocionalmente com os usuários e que se destaquem no mar de conteúdo. Só assim as marcas vão conseguir captar a atenção e fidelizar os consumidores. 

Uma das tendências de 2023 foi o reaparecimento do carrossel de imagens no Instagram, que, aliado à descrição do texto, permite contar histórias com tranquilidade – uma tendência em redes sociais que se manifestou no ressurgimento dos videoblogs de viagens. Aquelas marcas que souberem contar histórias e integrá-las naturalmente à sua estratégia certamente terão uma vantagem significativa.

8. Mais compartilhamentos, menos curtidas

O grande número de bots nas redes sociais significa que as curtidas estão deixando de perder seu valor. Os algoritmos do Instagram e do TikTok, e até mesmo no Twitter, estão dando mais ênfase aos compartilhamentos e postagens salvas – deixando comentários, curtidas e seguidores de lado. 

Enquanto a métrica de compartilhamento parece estar protegida de manipulação, ela se tornou uma fonte mais confiável e relevante de decidir qual conteúdo é realmente valioso para os usuários. Portanto, 2024 será o ano em que marcas e influenciadores devem se concentrar mais na criação de conteúdo que os usuários queiram compartilhar e salvar, em vez de simplesmente “curtir”.

Nova call to action

9. TikTok: de aspirante a referência

Os anos de 2021 e 2022 foram marcados por um crescimento fora da curva do TikTok, fazendo com que essa rede social ganhasse uma força nunca vista até então. Já 2023 consolidou a sua posição e tornou-se uma referência em muitos aspectos – não à toa, Instagram e YouTube lançaram funções praticamente idênticas com o Reels e o Shorts, respectivamente. 

Ainda que o Facebook continue sendo a rede mais utilizada e que o Instagram ganhe números melhores, o TikTok parece ter capacidade para continuar a atrair mais usuários de todas as idades. Quem sabe uma das tendências em redes sociais é sua chegada ao mesmo patamar de gigantes do setor? Enquanto isso, é importante que as marcas que ainda não usam essa plataforma comecem a estudar as melhores estratégias para entrar logo nesse universo. 

10. Chegou a hora dos microinfluenciadores

O marketing de influenciadores continua a sua evolução, mas agora o destaque da vez está com os microinfluenciadores. Esses criadores de conteúdo, tanto amadores quanto profissionais, estão se tornando cruciais nas estratégias de marketing focadas em atingir públicos mais engajados e mais amplos.

Afinal, as pequenas empresas querem aproveitar as vantagens de trabalhar com influenciadores, mas não tem o orçamento para contratar contas maiores. É aqui que os microinfluenciadores entram em cena: com seu alto engajamento e capacidade de atingir públicos de nicho, eles são uma opção atraente e mais acessível para empresas que buscam maximizar o ROI de marketing de seu influenciador.

Tipos de influencers

11. Venda social de volta ao primeiro plano

O "social selling", ou venda social, é o termo que se refere à possibilidade de comprar produtos diretamente pelas redes sociais, é uma das tendências para 2024. As estratégias de vendas estão cada vez mais unificadas e os usuários preferem completar suas vendas sem sair da plataforma em que se encontram. 

Aqui, vale a pena fazer uma menção às lives do TikTok, onde se tem visto um grande crescimento na venda de produtos em tempo real. As marcas estão aproveitando esta oportunidade para interagir com seus seguidores e convertê-los em compradores por meio de demonstrações de produtos ao vivo.

12. Privacidade e jurisdição

Com a crescente prevalência da IA, a regulamentação em torno da segurança e privacidade dos dados vai ficar cada vez mais rigorosa – uma resposta às preocupações sobre utilização indevida de informações pessoais. Grandes plataformas como o Threads ou serviços de IA foram barrados na Europa sob a justificativa de proteção de dados.  

As empresas devem continuar a cumprir rigorosamente os regulamentos existentes e a adaptar-se aos novos que possam surgir. A União Europeia aprovou recentemente uma lei de regulamentação de Inteligência Artificial e outros países já começam a seguir na mesma direção. Afinal, a transparência sobre como os dados dos usuários são coletados, usados ​​e protegidos será essencial para construir confiança e manter uma boa reputação.

Estas serão as principais tendências em redes sociais em 2024. Salve esse conteúdo para consultá-las sempre que necessário, uma vez que o sucesso no mundo digital exige adaptação constante e estar sempre à frente das informações. Prepare-se para um 2024 emocionante!

Nueva llamada a la acción

Publicado em 26 de março de 2024.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil

 

FAQ sobre tendências em redes sociais

  • Quais são as redes sociais mais utilizadas em 2024?

    As redes sociais mais utilizadas continuam sendo o Facebook, Instagram, TikTok, Twitch, X (anteriormente conhecido como Twitter) e LinkedIn. Essas plataformas mantêm uma forte presença e são fundamentais para estratégias de marketing digital.

  • Qual é o papel da inteligência artificial nas tendências de redes sociais para 2024?

    A inteligência artificial continua a ser uma protagonista, facilitando a criação de conteúdo e até mesmo gerando um novo tipo de influenciador, os "IAinfluencers". Embora seja difícil prever exatamente o que esperar em 2024, a IA certamente continuará a desempenhar um papel significativo.

  • Quais são os principais tipos de influenciadores em 2024?

    Os tipos de influenciadores incluem Mega influenciadores (mais de 1 milhão de seguidores), Macro influenciadores (entre 500 mil e 1 milhão de seguidores), Mid-tier (entre 100 mil e 500 mil seguidores), Micro influenciadores (entre 10 mil e 100 mil seguidores) e Nano influenciadores (entre 1 mil e 10 mil seguidores).

  • Por que os microinfluenciadores estão se tornando cruciais nas estratégias de marketing?

    Os microinfluenciadores, com seu alto engajamento e capacidade de atingir públicos de nicho, são uma opção atraente e acessível para empresas que buscam maximizar o ROI de marketing de influenciadores, especialmente para pequenas empresas com orçamentos limitados.

Ver más

Outros posts que podem te interessar...

Social Media Programa Amazon Influencers: o que é e como ser um influencer Amazon
Por Celia Pérez en
Social Media Canais do WhatsApp: o que é, como achar e usar
Por Ana Claudia Ferreira en
Social Media Consultoria de marketing: tudo que você precisa saber antes de contratar
Por Jalusa Lopes en
Social Media Instagram Threads: o que é e como funciona
Por Ana Claudia Ferreira en

O que você acha? Deixe um comentário!