<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

YouTube Shorts: o que é e como ele pode dar um up no seu canal

Está cada vez mais presente nas redes sociais a tendência ao consumo de vídeos curtos e chamativos. Plataformas como o TikTok e o Instagram Reels têm motivado esse tipo de conteúdo devido ao seu enorme crescimento nos últimos anos. O YouTube não ficou para trás, e adicionou à sua plataforma o YouTube Shorts. Você já ouviu falar dele?

O que é YouTube Shorts?

Caso você já conheça o TikTok e o Instagram Reels, é basicamente a mesma ideia, mas adaptada ao YouTube; isto é, uma plataforma na qual você pode postar vídeos curtos de até 60 segundos.

Ao longo deste post, você aprenderá a dominar o YouTube Shorts e irá acessar as melhores dicas e truques para viralizar seu conteúdo nessa plataforma. Continue a leitura!

Você gosta do que está lendo? Inscreva-se para receber os novos posts e notícias de marketing e vendas no seu e-mail

Como funciona o YouTube Shorts?

Como já comentamos, o YouTube Shorts é uma plataforma na qual você pode postar vídeos de 60 segundos ou menos. Esta plataforma tem sua própria ferramenta de criação e edição de vídeos, e você pode usá-la para editar seus vídeos diretamente, embora haja também a opção de editá-los por conta própria com outra ferramenta e postar o vídeo diretamente.

Esta é uma captura de tela do Youtube Shorts que mostra uma influenciadora

Da mesma forma que nas plataformas concorrentes, no YouTube Shorts existem diferentes funcionalidades de edição:

  • Música: você pode escolher entre um universo de áudios  gratuitos.
  • Controle de velocidade: você pode acelerar ou desacelerar o conteúdo do vídeo.
  • Temporizador: você pode estabelecer uma contagem regressiva para se gravar sem as mãos para que o vídeo comece e pare automaticamente.

Você deve ter em mente que os vídeos gravados no Shorts com a câmera são limitados a 15 segundos, isto é, você pode gravar vários fragmentos de 15 segundos e depois uni-los. Se você não gosta dessa opção e quiser gravar um vídeo de 60 segundos, o melhor a fazer é gravar da própria câmera do seu celular e posteriormente fazer o upload no YouTube.

Ao contrário da plataforma padrão do YouTube, o Shorts permite adicionar músicas com copyright na hora de gravar seus vídeos. Na concorrência isso também é permitido e seria um grande ponto negativo se o YouTube não incluísse esta opção.

O YouTube recomenda incluir a hashtag #Shorts no título do vídeo ou na descrição para favorecer sua viralização.

Caso você queira assistir a esses vídeos como um usuário, você pode entrar no aplicativo do YouTube no seu celular e, na seção inferior, vai encontrar a ferramenta do Shorts para acessar e ver o conteúdo.

Como monetizar vídeos com o YouTube Shorts?

A monetização dos vídeos no YouTube Shorts ainda não está disponível para todos os criadores de conteúdo. Para ter direito ao compartilhamento de receita do Programa de Parcerias do YouTube, os canais devem atender aos seguintes requisitos:

  • Ter 1.000 inscritos e 10 milhões de visualizações públicas qualificadas de Shorts nos últimos 90 dias.
  • Ter 1.000 inscritos e 4.000 horas de exibição públicas válidas em vídeos longos.
  • O conteúdo monetizável deve seguir a Política de Originalidade do YouTube, o que significa que deve ser seu e não de outra pessoa.

No entanto, o modelo de divisão de receita de anúncios para Shorts é diferente da divisão de receita de vídeos comuns. Primeiro, reúne-se toda a receita dos anúncios exibidos entre os Shorts no feed do YouTube Shorts. Então, uma parte desse montante é direcionada para um “fundo para criadores” com base nas visualizações e no uso de música em todos os Shorts assistidos. A receita do Fundo de Criadores é então alocada aos criadores qualificados de acordo com sua participação no total de visualizações. Os criadores de conteúdo que monetizam mantêm 45% da receita alocada do Shorts.

Este é um infográfico com informações de monetização no Youtube Shorts

Fonte: Suporte do Google para YouTube Shorts.

Se você estiver no Programa de Parcerias do YouTube, poderá encontrar o contrato curto de monetização na guia “Ganhos” no YouTube Studio. Selecione “Primeiros passos” em “Anúncios curtos de feed” e aceite os termos.

Se você não estiver no Programa de Parcerias do YouTube, precisará começar a acumular visualizações para atender aos requisitos mencionados acima. As visualizações de Shorts podem ser acumuladas em qualquer superfície onde as pessoas possam assisti-los, incluindo a página de exibição. Você pode acompanhar seu progresso em relação aos critérios de elegibilidade na guia “Ganhos”.

Mas não se preocupe, pois mesmo que você não lucre com a monetização do YouTube Shorts em si, vamos ensinar outras maneiras pelas quais você poderá obter grandes benefícios através desta plataforma.

Nova call to action

Membro do canal

O YouTube tem uma opção que permite às pessoas ser membro do seu canal, isto é, participar do mesmo com benefícios oferecidos pelo criador de conteúdo. Você mesmo pode estabelecer o preço da adesão. O ponto negativo desta possibilidade de monetização é que você precisa ter pelo menos 50.000 inscritos para poder ter acesso a ela.

Promoção de produtos ou serviços

Você pode promover produtos ou serviços de outras marcas ou da sua própria e conseguir grandes resultados financeiros se o vídeo acabar se tornando viral. Você pode firmar parcerias com algumas empresas e oferecer-lhes benefícios econômicos.

Parcerias

Uma boa maneira de aproveitar a viralidade deste tipo de conteúdo é compartilhar produtos e serviços de plataformas parceiras, como Amazon, Hotmart, entre outras. Ao compartilhar os links dos produtos, você pode receber uma comissão cada vez que alguém compre o produto que você compartilhou pelo link.

Dicas para viralizar no YouTube Shorts

Por último, mas não menos importante, vamos ao que realmente interessa: como viralizar no YouTube Shorts.

1. Capture a atenção nos primeiros segundos

Todos sabemos que neste formato de conteúdo é muito fácil arrastar pra cima e passar para o próximo vídeo, então é muito importante chamar a atenção do usuário nos 7 primeiros segundos do vídeo e conseguir esse gancho que o mantenha assistindo ao conteúdo.

A ideia é começar o vídeo de forma dinâmica impactando o usuário e instigando-o para que fique até o final do vídeo. Se o conteúdo que você está gravando é explicativo, você pode começar dizendo uma frase meio “clickbait” que mantenha o usuário na expectativa.

Esta é uma captura de tela do Youtube Shorts que mostra uma influenciadora

2. Adicione texto no vídeo

É necessário colocar algum texto nos vídeos para ressaltar o conteúdo que você está explicando, pois isso ajuda as pessoas a acompanhar o conteúdo de forma muito mais simples.

Se um vídeo é muito explicativo, é possível inclusive colocar legendas nele para que a leitura seja mais amena, dinâmica e contorne eventuais problemas de áudio do espectador.

3. Escolha um horário adequado

Como acontece na plataforma original do YouTube, é muito importante escolher um horário adequado para postar um shorts, já que não é a mesma coisa postar um vídeo de entretenimento e um vídeo falando sobre atualidade social ou política.

Você deve testar quais são os melhores horários para postar conteúdo, pois dependendo da maioria das pessoas que sejam de um determinado país, será melhor ou pior postá-lo em um horário concretamente definido.

4. Compartilhe o conteúdo no seu feed e em outras plataformas

Você deve anunciar ao seu público cada vídeo postado na plataforma, já que muitas vezes não o verão diretamente na ferramenta do Shorts, mas sim no feed do YouTube.

Se você tiver outras plataformas para anunciar a publicação de um vídeo, também pode utilizá-las para direcionar o público ao YouTube.

5. Aproveite as tendências do momento

Neste formato de vídeos costumam aparecer muitas tendências e vídeos virais que as pessoas replicam constantemente. É uma boa ideia saber aproveitar certas correntes e challenges do momento para adaptá-los ao seu conteúdo. Mas claro, trate de não copiar o conteúdo de outras pessoas; você deve fazer algo original para conseguir captar o público.

Tudo isso que explicamos não serve para nada se você não tiver constância e disciplina na postagem de vídeos semana após semana. Você deve criar muito conteúdo durante muito tempo para começar a crescer progressivamente. Por isso, se você planeja uma estratégia a curto prazo, o mais provável é não obter os resultados que esperava. Conte-nos suas impressões na seção de comentários!

Nova call to action

Publicado em 9 de outubro de 2023.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil

FAQ sobre Youtube Shorts

  • Como funciona o YouTube Shorts?

    O YouTube Shorts é uma plataforma na qual você pode postar vídeos de 60 segundos ou menos. Esta plataforma tem sua própria ferramenta de criação e edição de vídeos, e você pode usá-la para editar seus vídeos diretamente, embora haja também a opção de editá-los por conta própria com outra ferramenta e postar o vídeo diretamente.
  • Como entrar no shorts do YouTube?

    Para acessar a ferramenta, você pode entrar no aplicativo do YouTube no seu celular e, na seção inferior, vai encontrar a seção do Shorts para produzir, acessar e ver o conteúdo.
  • Quanto tempo é o Shorts YouTube?

    O YouTube Shorts é uma plataforma na qual você pode postar vídeos de 60 segundos ou menos. Esta plataforma tem sua própria ferramenta de criação e edição de vídeos, e você pode usá-la para editar seus vídeos diretamente, ou editá-los por conta própria com outra ferramenta e postar o vídeo diretamente.

    Se você gravar os vídeos diretamente no Shorts, eles serão limitados a 15 segundos cada, isto é, você pode gravar vários fragmentos de 15 segundos e depois uni-los. Se você não gosta dessa opção e quiser gravar um vídeo de 60 segundos de uma só vez, o melhor a fazer é gravar da própria câmera do seu celular e posteriormente fazer o upload no YouTube.

  • Qual a diferença entre Shorts e vídeo no YouTube?

    O Shorts é uma versão da plataforma de vídeos do YouTube que permite criar e publicar vídeos curtos, limitados a 60 segundos, muito similarmente às outras plataformas de criação de vídeos de redes sociais concorrentes, como o Instagram Reels e o TikTok. No Shorts, você conta com uma ferramenta de criação e edição de vídeos que permite utilizar várias funcionalidades para a edição e postagem de um vídeo dentro da própria plataforma.

    Os vídeos da plataforma original do YouTube podem ser mais longos, com duração de várias horas, não permitem músicas com copyright (coisa que no Shorts está disponível) e não permitem a edição dentro da própria plataforma. Você deve editá-los externamente, e utilizar a plataforma do YouTube para o upload e a distribuição do vídeo.

  • Como monetizar os Shorts?

    O modelo de divisão de receita de anúncios para Shorts é diferente da divisão de receita de vídeos comuns. Primeiro, reúne-se toda a receita dos anúncios exibidos entre os Shorts no feed do YouTube Shorts. Então, uma parte desse montante é direcionada para um “fundo para criadores” com base nas visualizações e no uso de música em todos os Shorts assistidos. A receita do Fundo de Criadores é então alocada aos criadores qualificados de acordo com sua participação no total de visualizações. Os criadores de conteúdo que monetizam mantêm 45% da receita alocada do Shorts.
Ver más

Outros posts que podem te interessar...

Marketing digital Departamento de marketing: um guia completo, estrutura e funções
Por Ana Claudia Ferreira en
Marketing digital Neuromarketing: características, tipos, vantagens e exemplos
Por Carla Massegú en
Marketing digital Bootstrap: o que é, para que serve e como usar
Por Ana Claudia Ferreira en
Marketing digital Desenvolvimento de liderança: autoconhecimento na gestão de pessoas
Por Jalusa Lopes en

O que você acha? Deixe um comentário!