<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

O que é Marketing Outbound? Exemplos, vantagens e diferenças do Inbound

CTA- post-vertical-Desktop-TinyMarketing outbound e Inbound são termos que você deve entender para melhorar o posicionamento da sua empresa e otimizar os processos de vendas. Esses métodos são utilizados para captar clientes, atrair sua atenção e, acima de tudo, conquistá-los pelo maior tempo possível.

Em inúmeras ocasiões já falamos sobre o inbound marketing e sua forma de acompanhar o usuário sem ser invasivo. Mas o que é exatamente marketing outbound e por que é interessante para o negócio? Neste artigo vamos explicar e mostrar exemplos que deixarão tudo mais claro para você.

Diante da situação de flutuações econômicas, é fundamental inovar e procurar novas ideias e abordagens para conquistar os seus clientes, mesmo você tendo que recorrer aos métodos mais tradicionais.

Por isso, antes de começar a desenvolver estratégias de marketing e comunicação para sua empresa, convidamos você a conhecer a diferença e a compatibilidade entre marketing inbound e outbound. Valorizar ambas as abordagens ajuda a gerar oportunidades de negócios e construir relacionamentos duradouros com seus (potenciais) clientes.

O que é marketing outbound?

Marketing outbound é o conjunto de ações de marketing que visam atrair consumidores por meio de métodos diretos e unidirecionais.

Em outras palavras, o marketing outbound envolve uma abordagem proativa e direta com o objetivo de conseguir uma venda. Isso difere bastante do inbound marketing que, como você já deve saber, consiste em atrair pessoas que estão no processo de compra principalmente usando conteúdo de qualidade, como por exemplo, no seu site ou blog.

No marketing outbound, você tenta alcançar qualquer comprador em potencial diretamente, enquanto no inbound marketing as pessoas o encontram quando estão procurando por você.

Embora toda a publicidade tradicional possa ser classificada como outbound, também podemos encontrar formatos próprios da publicidade digital, como banners em redes sociais e sites, pop-ups, anúncios inseridos em vídeos, etc.

Muitos desses formatos também são encontrados nas estratégias de inbound marketing, além de outros elementos comuns como landing pages ou e-mail marketing.

Independentemente de como é apresentado, a definição geral de marketing outbound é ter a venda como objetivo em todas as suas estratégias. Por isso, em todas as técnicas e ações de marketing o método outbound tenta chamar a atenção do cliente mostrando de forma direta o produto ou serviço.

Para apresentar esse conjunto de ações ao cliente em potencial, todos os argumentos utilizados pelo marketing outbound caracterizam-se por serem simples, diretos e pouco desenvolvidos. Ou seja, no marketing outbound as ações são mais espontâneas e não buscam tanto pela conversão ou nutrição de contatos; focam em chamar atenção, aumentar o reconhecimento da marca e melhorar o posicionamento do produto ou serviço em relação aos concorrentes.

É por todos esses motivos que o conteúdo gerado em uma campanha outbound é curto, simples e com pouco (ou nenhum) valor agregado para o usuário.Nueva llamada a la acción

Exemplos de técnicas de outbound marketing

Você pode encontrar inúmeros exemplos de ações de outbound marketing, estes são os mais comuns:

  • Anúncios na imprensa, rádio e televisão.
  • Cartazes publicitários em toldos, outdoors e outros suportes.
  • Merchandising: porta-chaves, canecas, canetas, cadernos e todo o tipo de acessórios onde se transmite a imagem da marca e a mensagem da empresa.
  • E-mail marketing em massa (às vezes caindo no spam).
  • Stands de vendas diretas.
  • Venda de porta em porta.
  • Publicidade por correspondência (correio).
  • Eventos e seminários com o objetivo de vender.
  • Anúncios online: banners em páginas de sites e redes sociais, anúncios pagos no Google Ads e outras campanhas SEM, vídeos publicitários em plataformas como YouTube ou inseridos em blogs e sites, etc.

Outbound-Marketing-1No caso da publicidade online outbound, o foco dos anúncios e a segmentação são diferentes daqueles de uma estratégia inbound. Porém, a operação acaba sendo parecida, a presença de uma landing page também é essencial, as métricas são as mesmas, etc.

Vantagens do marketing outbound

Se não tivesse vantagens, por que a publicidade tradicional continuaria existindo?

Há alguns anos pensávamos que não era possível voltar a utilizar técnicas tradicionais de marketing e publicidade que pareciam intrusivas, como a venda “de porta em porta” ou o clássico “mailing”. Essas técnicas incomodavam o público e geravam rejeição quase por reflexo porque, além de tudo, os clientes interrompiam o que estavam fazendo. No entanto, quando certos hábitos se tornam escassos é quando eles podem funcionar melhor. Claro, em algumas ocasiões e quando usados corretamente.

Além disso, o inbound marketing também pode incorporar certas técnicas de marketing outbound para gerar oportunidades de negócios de forma mais direta. É o caso da publicidade online da rede de display que, apesar de aparecer sem que o usuário a procure, sabe a que horas, local e para quem aparece.

Então, por que apostar na metodologia outbound quando as possibilidades do inbound marketing estão aumentando?

Não se trata de escolher entre um método ou outro, mas de saber o que é melhor para cada situação, assim ressaltamos aqui as seguintes vantagens do marketing outbound:

  • Facilidade de ser multiplataforma: ser onipresente e gerar oportunidades de vendas onde quer que você as encontre.
  • Os tempos de reação são mais curtos: diferentemente do inbound marketing, que funciona a longo prazo, as ações podem ser corrigidas mais rapidamente com base na resposta dos consumidores.
  • Contatos mais diretos: no caso de um stand de vendas, por exemplo, você fala diretamente com a pessoa e recebe feedback imediato.
  • Ações direcionadas para um público mais amplo: embora em alguns casos haja segmentação do público, outras vezes você lidará com com uma variedade maior de perfil de clientes, podendo repensar o público alvo e aumentar o seu alcance.

Desvantagens do marketing outbound

Com consumidores tão exigentes como os de hoje e com a existência de técnicas de marketing mais eficazes e precisas, é preciso reconhecer que o marketing outbound também apresenta desvantagens. Em resumo, listamos as seguintes:

  • Algumas de suas técnicas podem torná-lo impreciso. Há pouca segmentação nas ações de correspondência (correio) ou de e-mails em massa.
  • A comunicação é totalmente unidirecional e quase não há feedback do prospect.
  • Como muitas técnicas invasivas foram historicamente usadas de maneira indiscriminada, os contatos geralmente ignoram ou sabem como bloquear mensagens de marketing outbound. Por exemplo, por meio de bloqueadores de anúncios, filtros de spam ou sistemas de identificação de chamadas.
  • Pode ser difícil medir o resultado, especialmente em formatos offline.
  • O lançamento de uma campanha de outbound pode ser caro e demorado, por exemplo, no caso de anúncios de TV.

Marketing outbound e marketing inbound: dois conceitos inseparáveis

​​O termo "marketing outbound" nasceu em 2005 para explicar melhor um novo conceito de marketing conhecido como “inbound marketing”, idealizado pelo HubSpot.

O inbound marketing é uma forma de entender o marketing muito diferente do que era feito anteriormente. Essa mudança na ideia tradicional de marketing tornou o inbound marketing muito mais do que uma técnica diferenciada: é uma metodologia integrada ou filosofia que combinada com técnicas de SEO, marketing de conteúdo e automação de marketing, oferece ao usuário experiências relevantes e não invasivas por meio de conteúdo de qualidade.

Portanto, o termo marketing outbound surgiu como uma forma de diferenciar as técnicas de publicidade até então utilizadas (marketing tradicional) dessa nova metodologia denominada inbound marketing.

As principais diferenças entre inbound e outbound são:

  • O marketing outbound utiliza métodos invasivos e inesperados para chamar a atenção de potenciais clientes e mostrar a eles o produto e suas qualidades. O inbound marketing tenta atrair a buyer persona de forma não invasiva por meio de conteúdo de valor que a ajude a resolver seu problema.
  • No outbound a marca afeta diretamente a experiência do usuário, nem que seja desviando sua atenção do que ele está fazendo. É o que acontece, por exemplo, quando assistimos a um vídeo do YouTube e um anúncio aparece inesperadamente. De outro modo, no inbound é o usuário que se aproxima da marca, voluntariamente, em busca de informações e conteúdo de valor.

marketing-outbound-vs-inbound

marketing-outbound-atracao-clientes

Como conciliar marketing inbound e outbound

Embora pareçam contrários, não há conflitos entre as técnicas de marketing outbound e inbound. É evidente que ambos coincidem em seus objetivos finais: vender um produto ou serviço e valorizar a marca ou imagem da empresa.

Da mesma forma que ignoramos e estranhamos um email de um remetente desconhecido (encaminhado diretamente ao SPAM), não podemos usar o marketing outbound sem uma estratégia que o sustente. É claro que não vamos incomodar o consumidor ligando para ele sem que ele nem mesmo tenha demonstrado interesse. Por isso, o mais interessante é combinar o marketing outbound e o inbound para conseguir o que mais nos interessa no momento e assim cativar o cliente.

Muitas empresas lançaram estratégias de marketing e publicidade em conjunto e tiveram resultados muito satisfatórios. Por exemplo, um blog com conteúdo de qualidade e informações de equipamentos esportivos (inbound) também pode ter ações mais tradicionais de publicidade e marketing (outbound).

Dessa forma, quando o cliente preencher um ou mais formulários online (inbound), solicitando informações sobre um curso, por exemplo, o representante de vendas pode entrar em contato com o consumidor por telefone (outbound).

Outro caso seria se, antes do usuário procurar você (inbound), a sua marca aparecesse por meio da publicidade display em sites relacionados ao seu produto ou serviço (outbound). Dessa forma, o usuário pode interagir com o anúncio e, chegando no seu site, encontrará todos os esforços da sua empresa para atraí-lo por meio de conteúdo de qualidade.

Seja como for, fica claro que se as duas estratégias funcionam separadamente, combiná-las pode fazer uma grande diferença. Para que os resultados sejam eficazes é necessário estudar muito bem o funcionamento de ambas as metodologias: para saber que tipo de perfis você pode abordar, quais canais e formatos utilizar, entre outras questões.

Certamente as suas vendas vão aumentar!

Espero que depois de ler este artigo o conceito de marketing outbound e suas diferenças com o inbound tenham ficado claros para você. E, claro, aguardo suas sugestões e comentários.

CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 21 de julho de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

Fuentes

  1. Think with Google - Shoppers go online first in over 60% of shopping occasions.

  2. HubSpot - Inbound Marketing vs. Outbound Marketing

  3. Databox - 4 Outbound Marketing Tactics that Still Work in 2021 (According to 29 Marketers)

FAQ sobre marketing outbound

  • O que é Outbound Marketing exemplos?

    Marketing outbound é o conjunto de ações de marketing que visam atrair consumidores por meio de métodos diretos e unidirecionais. Em outras palavras, o marketing outbound envolve uma abordagem proativa e direta com o objetivo de conseguir uma venda.

    Você pode encontrar inúmeros exemplos de ações de outbound marketing, estes são os mais comuns:

    • Anúncios na imprensa, rádio e televisão.
    • Cartazes publicitários em toldos, outdoors e outros suportes.
    • Merchandising: porta-chaves, canecas, canetas, cadernos e todo o tipo de acessórios onde se transmite a imagem da marca e a mensagem da empresa.
    • E-mail marketing em massa (às vezes caindo no spam).
    • Stands de vendas diretas.
    • Venda de porta em porta.
    • Publicidade por correspondência (correio).
    • Eventos e seminários com o objetivo de vender.
    • Anúncios online: banners em páginas de sites e redes sociais, anúncios pagos no Google Ads e outras campanhas SEM, vídeos publicitários em plataformas como YouTube ou inseridos em blogs e sites, etc.
  • Qual objetivo do Outbound Marketing?

    Independentemente de como é apresentado, a definição geral de marketing outbound é ter a venda como objetivo em todas as suas estratégias. Por isso, em todas as técnicas e ações de marketing o método outbound tenta chamar a atenção do cliente mostrando de forma direta o produto ou serviço.

  • Qual a diferença entre outbound e inbound?

    As principais diferenças entre inbound e outbound são:

    • O marketing outbound utiliza métodos invasivos e inesperados para chamar a atenção de potenciais clientes e mostrar a eles o produto e suas qualidades. O inbound marketing tenta atrair a buyer persona de forma não invasiva por meio de conteúdo de valor que a ajude a resolver seu problema.
    • No outbound a marca afeta diretamente a experiência do usuário, nem que seja desviando sua atenção do que ele está fazendo. É o que acontece, por exemplo, quando assistimos a um vídeo do YouTube e um anúncio aparece inesperadamente. De outro modo, no inbound é o usuário que se aproxima da marca, voluntariamente, em busca de informações e conteúdo de valor.

Outros artigos que podem te interessar...

Haters? Saiba como lidar e transformá-los em aliados do seu negócio
Casos de sucesso: veja exemplos de inbound marketing
Copyright: o que é e como usá-lo para proteger o seu site?

O que você acha? Deixe um comentário!