<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

10 Tendências em SEO para 2024: o que esperar e como se preparar

Impulsionado pela inovação tecnológica e pelo advento da inteligência artificial (IA), o SEO, junto com o marketing e o conteúdo, está enfrentando uma das suas maiores transformações desde a revolução industrial e a expansão da internet. O ano de 2024 se apresenta como um ponto de inflexão no qual é esperado que as tendências em SEO mudem drasticamente.

A introdução da IA nos mecanismos de busca e as mudanças nos padrões de consumo de informação colocaram em marcha uma revolução que está apenas começando. Estar em dia e adaptar-se às mudanças é o grande desafio para os profissionais do setor. Com o objetivo de preparar você para o que vem aí, vamos explorar a seguir as diferentes tendências em SEO e conteúdos para 2024.

1. Modelos de linguagem generativa: mais além das buscas tradicionais

A maneira com que os usuários buscam informações e consomem conteúdos está mudando a passos largos. Ferramentas como o ChatGPT, o Gemini e o Bing estão redefinindo a forma com que compreendemos e utilizamos a busca de informações. Modelos de linguagem generativa, capazes de entender e responder às consultas dos usuários de forma mais natural e contextualizada, estão superando as buscas tradicionais.

Como isso está afetando o SEO e as empresas que desejam se posicionar nos mecanismos de busca? Bem, embora o efeito ainda não seja notável, está previsto que as oportunidades de obter tráfego orgânico proveniente das SERP sejam cada vez menores. A implementação do Google SGE, da qual falaremos a seguir, determinará um antes e um depois para o SEO.

Ainda assim, continuará havendo oportunidades que os profissionais de SEO poderão aproveitar. Os modelos de linguagem necessitam de conteúdo não só para oferecer respostas, mas também autoridade e confiabilidade. As citações nos resultados generativos são essenciais para indicar aos usuários de onde provém a informação gerada e sobre quais fontes ela se sustenta. E é aqui onde entra em jogo o SEO.

O objetivo será o mesmo de sempre: criar conteúdo relevante, especializado e que responda à intenção de busca do usuário. No entanto, entram nessa conta alguns fatores novos.

Você gosta do que está lendo? Inscreva-se para receber os novos posts e notícias de marketing e vendas no seu e-mail

O primeiro é a autoridade. Trabalhar bem a marca e mostrar experiência e conhecimento no seu campo será essencial para que os modelos de IA generativos incluam os conteúdos da sua empresa. Conteúdo pensado para os usuários, mas também para os modelos generativos.

O segundo fator se relaciona com o primeiro. Ao longo de 2024, aparecerão novos formatos e técnicas de mercado que facilitarão a detecção e citação por parte dos modelos de linguagem generativa. Isto incluirá esquemas de mercado específicos, estruturas de conteúdo otimizadas e inclusive novas formas de apresentar as informações. Será preciso estar muito atento a estas mudanças para introduzi-las nas suas estratégias de posicionamento.

2. Google SGE: como afetará as buscas?

O Google SGE (Search Generative Experience) será outra das tendências em SEO para 2024. Esta IA do Google ganhará cada vez mais protagonismo na SERP, e redefinirá como são gerados os resultados de busca e como eles serão apresentados aos usuários. Ao invés de simplesmente buscar e mostrar o conteúdo mais relevante baseado em palavras-chave, o Google SGE gerará respostas personalizadas e contextualizadas às consultas dos usuários. Isso pode resultar em uma significativa queda no tráfego originado do Google.

Esta realidade vai lançar um desafio para os profissionais de SEO, que deverão adaptar suas estratégias para otimizar seus conteúdos neste novo paradigma. Aparecer nas citações do SGE será um de seus principais objetivos, o que vai requerer um foco na criação de conteúdo valioso e de alta qualidade que possa ser citado pelo mecanismo generativo. Isto implica não somente cumprir as melhores práticas de SEO, como também entender as novas regras que regem a geração de conteúdo por parte do SGE e adaptar-se a elas.

Por outro lado, as opções nas quais os usuários clicam nos links tradicionais serão cada vez menores. Os profissionais de SEO deverão identificar novas formas de atrair tráfego orgânico. Às já mencionadas citações, se unem as buscas por voz, fragmentos destacados, a nova seção “Perspectives”, Markup Schema, tráfego orgânico social, Google Discover, etc. Além disso, será preciso estar atento a outras formas de conteúdo, como vídeos, bem como detectar que tipo de buscas e palavras-chave continuarão mostrando informações de maneira tradicional.

3. Vídeos curtos e SEO nas redes sociais

Com a explosão do TikTok, a consolidação dos Reels do Instagram e a chegada do YouTube Shorts, os vídeos curtos são mais populares do que nunca. A maioria dos usuários busca consumir conteúdo de forma rápida e simples, o que fez com que o formato de vídeo curto se torne uma das principais tendências em SEO para 2024.

Profissionais de SEO precisam capitalizar essa tendência para fortalecer suas estratégias de conteúdo nas redes sociais. Adaptar o conteúdo para que seja conciso e direto é essencial, mas ser capaz de transmitir a mensagem de maneira dinâmica também o é, bem como reter o seu público desde os primeiros segundos.

Dessa forma, executar SEO nas redes sociais é possível. A geração Z e os millennials estão utilizando cada vez mais as redes sociais como mecanismos de busca. A otimização de perfis, a utilização de hashtags e palavras-chave, e a criação de conteúdo que se conecte com as tendências e preferências do público são alguns dos segredos para melhorar seu posicionamento nestas plataformas.

O mesmo ocorre com o posicionamento de conteúdo no YouTube Shorts. A otimização dos títulos, as descrições e as etiquetas dos vídeos, junto com a criação de conteúdo atrativo e relevante, são aspectos essenciais para conseguir um bom posicionamento nesta plataforma.

4. Conteúdo de qualidade, relevante e experiente

Apesar da inteligência artificial, das mudanças nos mecanismos de busca ou da forma de consumir, o conteúdo seguirá sendo o rei em 2024. Há pouco tempo, a Semrush publicou seu estudo de Fatores de Ranqueamento 24 com uma clara conclusão: o conteúdo relevante, de qualidade, fácil de ler e que demonstre experiência e credibilidade segue sendo o fator mais importante na hora de posicionar uma página.

O EEAT do Google, que avalia experiência, conhecimento, autoridade e confiança, será o critério fundamental na criação de conteúdo. Em 2024, isto será ainda mais importante, já que os algoritmos de busca serão ainda mais sofisticados na detecção de conteúdo relevante e de qualidade.

Agregar valor real ao usuário, solucionar sua intenção de busca e criar conteúdo original e inédito é e sempre será o objetivo principal de qualquer estratégia de SEO. Os mecanismos de busca priorizam cada vez mais os conteúdos que apresentem uma visão única e valiosa, e que respondam de maneira efetiva às necessidades dos usuários.

Nova call to action

5. Palavras-chave em 2024?

Ainda que o uso de palavras-chave continue sendo importante em 2024, a compreensão de sua intencionalidade e contexto será cada vez mais crucial. Os algoritmos de busca estarão cada vez mais orientados para a compreensão da intenção do usuário, o que significa que os profissionais de SEO deverão ir mais além das palavras-chave e concentrar-se na criação de conteúdo valioso que satisfaça as necessidades do usuário.

Além disso, já há algum tempo os profissionais falam mais abertamente sobre entidades SEO. As entidades SEO são objetos ou conceitos únicos, identificáveis e reconhecíveis pelos mecanismos de busca. Podem ser pessoas, lugares, eventos, produtos, serviços, etc. As entidades SEO são identificadas por meio de atributos e relações que definem seu contexto e significado. Identificar entidades relevantes e incorporá-las ao conteúdo também será importante.

Portanto, identificar a intenção de busca de cada palavra-chave e fazer com que o conteúdo da sua marca satisfaça-a da melhor maneira possível segue sendo o principal objetivo. E ainda, é essencial ter em mente que as consultas de busca estarão cada vez mais baseadas em perguntas e linguagem natural, devido ao auge da busca por voz e dos assistentes digitais. Assim sendo, as palavras-chave long tail e as perguntas frequentes ganharão mais relevância na estratégia SEO.

6. A inteligência artificial na criação de conteúdo e SEO

As plataformas de IA vêm se tornando uma ferramenta valiosa para a criação de conteúdo e SEO. No último ano apareceram dezenas de ferramentas que permitem criar conteúdos extensos em apenas alguns cliques. Qualquer um tem acesso a tais ferramentas e pode gerar conteúdos específicos e valiosos que permitam posicionar-se no Google. E este é precisamente um dos segredos para o ano de 2024.

Se todo mundo tem acesso a essas ferramentas, por que escolher a sua marca? Saber como se diferenciar do resto vai se tornar uma maratona à parte para os profissionais de SEO. A IA permite economizar muito tempo, mas confiar somente nela e se esquecer da qualidade e da originalidade do conteúdo pode ser um grave erro. A IA é uma ferramenta, mas a estratégia e a criatividade seguirão sendo humanas. O segredo estará em combinar de maneira efetiva a eficiência da IA com o conhecimento e experiência da equipe.

Além disso, apesar do grande avanço das ferramentas de IA, não se deve esquecer que elas também cometem erros na hora de gerar conteúdo. Atualmente ainda existem limitações quanto à capacidade das máquinas para entender completamente a sutileza e a complexidade da linguagem humana. Portanto, será imprescindível revisar e editar o conteúdo gerado por IA para assegurar que ele cumpre os padrões de qualidade, autenticidade, confiabilidade e relevância.

7. Experiência de usuário

A experiência de usuário (UX) seguirá sendo um componente essencial de SEO no ano de 2024. Os Core Web Vitals do Google, que medem aspectos como a velocidade de carregamento de uma página, a interatividade e a estabilidade visual, serão fatores determinantes para o posicionamento de um site.

Além disso, com o crescente uso de dispositivos móveis para navegar na internet, será essencial que os sites estejam otimizados para estes dispositivos e ofereçam uma experiência de usuário fluida e agradável. Além disso, a nova métrica de INP (Interaction to Next Paint) foi incorporada ao algoritmo em março de 2024. Ela veio para substituir o FID e mede o tempo que leva para uma mudança visual ser mostrada quando um usuário interage com ela.

Com tudo isso em mente, desenvolver sites que sejam rápidos, intuitivos e fáceis de navegar será uma prioridade para os profissionais de SEO. Otimizar a estrutura da página, melhorar a velocidade de carregamento e assegurar uma transição fluida entre diferentes seções do site continuarão sendo alguns dos elementos fundamentais para oferecer uma excelente UX.

Nova call to action

8. Busca por voz

A busca por voz já é um clássico nas tendências SEO do ano. Desde a Alexa até o Google Home, passando pela Siri da Apple, os assistentes de voz se tornaram uma parte integral de nossas vidas cotidianas. Para 2024, espera-se que as buscas por voz sigam no auge, o que obrigará os profissionais de SEO a adaptar ainda mais suas estratégias para esse formato de busca.

Em 2023, cerca de 27% dos usuários utilizaram as buscas por voz em seus dispositivos, e espera-se que a contagem total de dispositivos de voz alcance 8,4 bilhões.

Graças a isso, muitos profissionais do setor estão falando de SEO conversacional, que nada mais é que otimizar o conteúdo para as consultas de busca por voz. Esse tipo de consulta costuma ser mais conversacional e natural, o que significa que será necessário adaptar as palavras-chave e o conteúdo para refletir essa mudança.

Para além disso, 2024 deve ser o ano em que os avanços da IA generativa serão implementados nos assistentes de voz tradicionais. Por exemplo, o ChatGPT já permite interagir com seu modelo generativo por voz em tempo real a partir de qualquer dispositivo. Não falta muito para que o resto dos assistentes incorporem funcionalidades parecidas, o que propiciará novas formas de interação e, portanto, novas oportunidades em SEO que os profissionais do setor deverão saber aproveitar.

9. Dados estruturados

Os dados estruturados ou Schema Markup seguirão sendo elementos essenciais para se destacar nas SERP e melhorar a compreensão dos mecanismos de busca sobre o seu conteúdo. Em 2024, espera-se que esta tendência se mantenha forte, com o Google e outros mecanismos de busca melhorando sua capacidade para interpretar e utilizar estes dados.

Os fragmentos enriquecidos permitem ressaltar informações relevantes dos seus conteúdos nas SERP, o que pode atrair mais visitantes para o seu site. Além disso, o Google poderá passar a utilizar os dados estruturados para gerar respostas mais contextualizadas e personalizadas em seus resultados de busca, o que adicionaria ainda mais importância à sua implementação.

Também têm especial relevância nas buscas por voz, já que os assistentes de voz costumam utilizar estes dados para proporcionar respostas rápidas e precisas. Portanto, implementar e otimizar os dados estruturados será essencial para melhorar a visibilidade e a compreensão do conteúdo.

10. Atualizações nas SERP

2023 foi um ano realmente transformador nas SERP. No total, foram mais de 10 atualizações, grandes e pequenas, que o algoritmo do Google sofreu, o que bagunçou os resultados de busca mais do que qualquer profissional de SEO gostaria. São tempos de mudança, e o Google está em pleno processo de transformação para tratar de adaptar seu buscador a eles.

Portanto, e este é um trabalho que requer esforço constante, os profissionais de SEO e de marketing deverão se manter sempre atentos sobre as últimas atualizações e mudanças nas SERP. Este conhecimento lhes permitirá adaptar suas estratégias de SEO e assegurar-lhes de que seus conteúdos sigam sendo relevantes e visíveis para seu público-alvo, ao mesmo tempo em que cumprem as indicações do Google.

Definitivamente, estar a par das últimas novidades e tendências em SEO será essencial para manter a competitividade e o êxito no mutável mundo digital de 2024.

E estas são as principais novidades e tendências que selecionamos para este artigo. O SEO e a criação de conteúdo giram em torno da adaptação a da inovação. Compreender e aplicar estas tendências é essencial para qualquer profissional que deseje se manter relevante em um setor tão apaixonante quanto dinâmico. E você, o que espera deste ano de 2024 no mundo de SEO? Conte-nos nos comentários!

Conheça as ferramentas, preços e como a HubSpot pode ajudar a alcançar seus objetivos de marketing

Publicado em 13 de maio de 2024.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil

FAQ sobre tendências SEO para 2024

  • O que é mais importante no SEO?

    Agregar valor real ao usuário, solucionar sua intenção de busca e criar conteúdo original e inédito é e sempre será o objetivo principal de qualquer estratégia de SEO. Os mecanismos de busca priorizam cada vez mais os conteúdos que apresentem uma visão única e valiosa, e que respondam de maneira efetiva às necessidades dos usuários.
Ver más

Outros posts que podem te interessar...

SEO Domínio de site: Dicas para saber qual escolher e hosting hospedar
Por Larissa Martins en
SEO Como usar o Chat GPT para SEO? [+ 11 exemplos]
Por Jamil Mansilla en

O que você acha? Deixe um comentário!