<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

O que é CTR, para que serve e como melhorá-lo

CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

Certamente você já ouviu falar mais de uma vez sobre Click Through Rate (CTR) no mundo do marketing digital, mas qual é seu significado? Para que exatamente serve? É mesmo importante ou é apenas mais um mito dentro do SEO?

Vamos contar mais sobre o que é e como funciona, para que esta métrica se torne uma grande aliada em melhorar o alcance das suas publicações.

O que é o CTR?

A taxa de cliques é a porcentagem de pessoas que clicam em um link em comparação com o número de impressões desse link. Em outras palavras, são os dados que informam quantas pessoas clicam em um link quando ele aparece na tela, pois impressão é o número de vezes que aquele conteúdo apareceu para o usuário.

O CTR é multifacetado porque pode ser aplicado a diversos conteúdos: post nas redes sociais, barra lateral ou imagem de banner, campanha publicitária, call to action e muito mais.o-que-e-ctr-para-que-serve_conta-ctrEntão, como o CTR é calculado? Simples: divida o número de impressões pelo número de cliques e multiplique por 100. Aqui está um exemplo. Imagine que seu site está posicionado para "loja de roupas para bebês". O CTR seria um cálculo tão simples quanto este:

  • Número de impresiones: 100.000.
  • Personas que han hecho clic sobre tu resultado: 12.500.
  • CTR: Impresiones / personas que han hecho clic = 12,5%.

A conclusão seria que, para cada 100 pessoas que veem seu resultado, 12,5 clicam nele. Continue a leitura para descobrir se essa porcentagem é boa, ruim, ou normal.

Por que o CTR é uma boa métrica?

Como já discutimos, o CTR pode ser aplicado em diferentes ações, tanto orgânicas quanto em campanhas de marketing. Por exemplo, o Google Ads. Já as informações obtidas vão além do percentual de cliques, já que mostram o quanto as pessoas se envolveram com aquela publicação. Ou seja: o quão interessante o post se tornou para o público.

Em linhas gerais:

  • CTR alto: sua postagem é considerada relevante pelos usuários.
  • CTR baixo: sua postagem não foi relevante para os usuários, então faça alterações nas próximas.

O que é considerado um bom CTR?

Então, a pergunta de um milhão de dólares: o que é considerado um bom CTR? A resposta pode parecer um pouco arbitrária, mas depende. Esses resultados variam de acordo com o setor em que seu negócio se encontra, a plataforma em que você atua (em especial nas campanhas publicitárias), a posição que ocupa nos SERPS (na busca do Google) e no ranking orgânico.

Por exemplo, neste último caso, se você for o primeiro não é um ótimo resultado. Porém, estar na 17ª posição significa um CTR brilhante.

Para que serve o CTR em SEO?

O CTR serve para trazer seu resultado de busca do Google do “submundo” do SERPS para a primeira página.

Isso provavelmente chamou sua atenção, então vamos explicar com mais detalhes. O Google mede parte da qualidade dos resultados de pesquisa por meio do CTR. Lógico, certo? Pense: se um resultado na página 3 começar a receber mais cliques do que os da página 2, isso está dizendo ao Google: "Ei, esse resultado é mais interessante do que os da página 2, por que não subimos de posição?". Esse é o sonho de todo criador de conteúdo!

Dito isso, você já deve ter percebido que não precisa estar na primeira posição do Google para conseguir mais tráfego para sua página. Aliás, uma dica é aumentar o CTR das palavras-chaves como estratégia de tráfego.

Essa prática é bem mais fácil do que escalar posições na página de resultados, pois permite melhor aproveitamento contra a fraqueza de outros sites. Isto é, “roubando” tráfego de páginas melhor posicionadas, mas com CTR pior.

Onde posso saber o CTR dos meus resultados no Google?

Como qualquer métrica, o CTR deve ser ser medido e monitorado para ver como evolui. Uma maneira de fazer isso é por meio do Google Search Console, ferramenta é vital para qualquer administrador de site. Este é o ponto de comunicação entre sua marca e o Google.

Por um lado, você pode informar o Google sobre as alterações feitas na página para que ele as leve em consideração rapidamente. Por outro lado, a plataforma pode fornecer feedback sobre erros localizados e desempenho da página. Tudo isso é bem fácil de ver:

  1. Vá até a seção "Tráfego de pesquisa”
  2. Procure por "Análise de pesquisa"

Pronto! Lá você tem os dados: de impressões, posições, CTR e até informações segmentadas por páginas, países, tipos de dispositivos e datas. O gestor também pode saber quais são os artigos que melhor convertem e quais precisam ser melhorados.

Como aumentar o CTR das minhas campanhas?

Como já mencionamos, o CTR também é uma métrica que podemos usar em campanhas pagas. Confira algumas maneiras de otimizá-la:

1. Aborde seu público

É essencial que você saiba quem são seus compradores, pois são eles que você deseja abordar. Tentar mirar em todos os lugares gera gasto de dinheiro sem o retorno de resultados. Como vimos, atingir muitas pessoas muito grande faz com as impressões sejam altas. Porém, se não for seu público-alvo, é improvável que tenha cliques e o resultado é um CTR ruim.

2. Revise seus textos

O copy, ou texto, é a mensagem que seu público vê. Logo, precisa ser atraente para gerar cliques. Pense em como está escrito, seu design e como melhorá-lo.

3. Faça testes

Testes A/B são seus melhores amigos. Se a sua comunicação não funcionou no passado, não significa que nunca irá funcionar. Aprenda com cada disparo e modifique a fórmula até chegar na correta. Lembre-se: pequenas mudanças fazem a diferença.

Como posso aumentar o CTR do meu conteúdo? 9 dicas

A ideia base é tornar o conteúdo mais interessante aos olhos dos usuários. Para isso, trouxemos algumas dicas que vão otimizar os artigos do seu blog e aumentar o seu click-to-rate, o seu posicionamento e o número de visitas registradas pelo site:

1. Use as palavras-chave corretamente

As palavras-chave estão sempre presentes em conversas sobre posicionamento orgânico, e há uma razão para isso: o uso correto desses termos pode aumentar a visibilidade do seu negócio. Uma dica para melhorar o CTR por meio de palavras-chave é usar uma específica ou de cauda longa, para chegar a um resultado mais minucioso e a um público mais limitado.

Por exemplo: em vez de usar a palavra “roupas de bebê”, opte por “loja de roupas para bebês". Nesse caso, pode ser que os cliques e as impressões diminuam, mas o CTR cresce porque as pessoas procuram exatamente o que você está oferecendo, e é justamente essas pessoas que você quer atingir.

Além disso, não basta encontrar uma palavra-chave principal para sua postagem. É preciso usá-las corretamente, então aproveite os conselhos a seguir:

  • Certifique-se de que a palavra-chave esteja presente no título. Dica: quanto mais à esquerda você a colocar, melhor.
  • Verifique se a palavra-chave aparece nos cabeçalhos.
  • Verifique se ele está presente no título e na meta-descrição.

2. Cuide do título e da meta descrição

Como mencionamos anteriormente, o título e a meta descrição são muito relevantes na hora de otimizar um artigo, pois são esses elementos que aparecem como resultado nos buscadores. A meta-descrição é uma explicação do conteúdo da sua página, então é necessário criar descrições atraentes com um call to action que atraia a atenção do usuário.

o-que-e-ctr-para-que-serve_pesquisa-google

3. Preste atenção aos cabeçalhos ou cabeçalhos

Esse é outro ponto importante na hora de otimizar os posts, pois os buscadores detectam o conteúdo e o tema dos artigos através desses campos. O cabeçalho H1 (indicado com a tag <h1> em HTML) é o mais levado com conta e só pode ser usado uma vez por artigo.

Já os demais costumam ir até o nível <h6> e devem ser usados em ordem de importância, começando pelo cabeçalho 2 (em HTML, <h2>). Eles podem ser usados quantas vezes forem necessários, lembrando sempre de oferecer a melhor experiência de leitura para o usuário.

4. Use dados estruturados

Dados estruturados são categorizados por meio de tags ou marcações, que entregam mais informações sobre seu conteúdo. Isso permite que determinado artigo e até mesmo o site sejam mais fáceis de serem encontrados e interpretados pelos buscadores. Assim, mostra as informações de forma mais completa e atrativa, permitindo a construção do que se conhece como rich snippets.

5. Destaque palavras em negrito

Assim como os cabeçalhos, os negritos (marcados em HTML com a tag <strong>) são úteis para estruturar um artigo e transmitir informações aos buscadores sobre qual é o conteúdo mais destacado. Nesse ponto, é preciso certificar-se de que os textos não contenham uma alta porcentagem de palavras com esta formatação e que a mesma seja usada apenas em informações relevantes para o leitor.

6. Adicione imagens

Outro aspecto fundamental na otimização de artigos são as imagens. Você precisa se certificar de que as fotos ou ilustrações do post sejam atraentes e de acordo com o conteúdo publicado. Também deve-se garantir que o tamanho seja adequado. Outro aspecto muito importante: é preciso verificar se as imagens possuem o alt-text, ou texto alternativo de imagem, que “traduz” o conteúdo gráfico para os mecanismos de busca.

7. Aproveite as postagens relacionadas

Uma dica interessante para aumentar o desempenho de um artigo é adicionar posts relacionados. Assim, ao acabar a leitura, o usuário é estimulado a continuar consumindo informações semelhantes e a continuar no seu site. Isso também aumentará o CTR, reduzindo a taxa de rejeição registrada pelo Google Analytics. Existem diversos plugins do WordPress, por exemplo, que permitem a inserção de posts relacionados de forma automática. Alguns deles até fazem isso por meio de imagens, como este aqui.

o-que-e-ctr-para-que-serve_outros-artigos

8. Incorpore links internos

Além de adicionar artigos relacionados, outra recomendação é adicionar dois ou três links internos no artigo. Ou seja, links para outros posts ou páginas do próprio site. Através desta ação, o CTR aumenta e a taxa de rejeição diminuiu. Logo, é mais fácil ter um melhor posicionamento das páginas vinculadas.

9. Otimize a velocidade do seu site

Os usuários buscam velocidade Quantas vezes as pessoas ficam frustradas porque um arquivo, imagem ou vídeo demora para carregar? O mesmo vale para os resultados. Se você está em um site que não carrega imediatamente, provavelmente vai fechá-lo e procurar outra opção. O resultado? Maior taxa de rejeição e impacto direto no seu CTR.

A velocidade é um ponto chave para a experiência do usuário, então é preciso otimizá-la. Você pode usar as ferramentas PageSpeed e Core Web Vitals, dentro do Google Search Console, para rastrear esse fator e ver possíveis melhorias no seu site.

Otimizar o CTR é uma estratégia fundamentada que permite avançar e ganhar posições com um passo seguro. Conhecer seus números, melhorar suas palavras-chave e acompanhar sua evolução são três ações necessárias para deixar a concorrência para trás. Não há truques para otimizar o posicionamento, nem há atalhos: é uma questão de desempenho.

Agora, só falta você começar a otimizar seu conteúdo para ver melhorias no CTR, posições, resultados, na captação de leads e receita. Parece bom certo? Então aplique nossas dicas no seu conteúdo e seja encontrado!

CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 11 de novembro de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

Fontes

  1. Google Ads e inbound marketing: são complementares? - Blog da InboundCycle
  2. Posicionamento no Google: como posicionar seu site com estratégias SEO em 9 passos - Blog da InboundCycle
  3. O que é palavra-chave e como escolher? - Blog da InboundCycle
  4. Buyer persona: o que é, tipos e como criá-la - Blog da InboundCycle

FAQ sobre CTR

  • O que é o CTR?

    A taxa de cliques é a porcentagem de pessoas que clicam em um link em comparação com o número de impressões desse link. Em outras palavras, são os dados que informam quantas pessoas clicam em um link quando ele aparece na tela, pois impressão é o número de vezes que aquele conteúdo apareceu para o usuário.
  • Por que o CTR é uma boa métrica?

    Como já discutimos, o CTR pode ser aplicado em diferentes ações, tanto orgânicas quanto em campanhas de marketing. Já as informações obtidas vão além do percentual de cliques, já que mostram o quanto as pessoas se envolveram com aquela publicação. Ou seja: o quão interessante o post se tornou para o público.

    Em linhas gerais:

    • CTR alto: sua postagem é considerada relevante pelos usuários.
    • CTR baixo: sua postagem não foi relevante para os usuários, então faça alterações nas próximas. 
  • Para que serve o CTR em SEO?

    O CTR serve para trazer seu resultado de busca do Google do “submundo” do SERPS para a primeira página.

    Isso provavelmente chamou sua atenção, então vamos explicar com mais detalhes. O Google mede parte da qualidade dos resultados de pesquisa por meio do CTR.

Outros artigos que podem te interessar...

O que é SEO e 15 estratégias para sua campanha de marketing
O que é marketing de guerrilha? Vantagens, tipos e exemplos
Como colocar site no Google: entendendo indexação

O que você acha? Deixe um comentário!