<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

Escrita criativa: o que é e como usá-la em sua estratégia de conteúdo

A escrita criativa é um recurso cada vez mais utilizado no marketing e, especificamente, no marketing de conteúdo. O crescimento desta estratégia tem levado a um aumento na geração de conteúdo nos blogs de marcas e empresas. Porém, para se destacar em meio a tanta informação e cativar os leitores, é muito importante levar em consideração o tipo de escrita que será utilizada. Nesse sentido, a escrita criativa é um dos formatos que oferece melhores resultados.

Neste artigo, você aprenderá o que é escrita criativa, quais são suas características e como aplicá-la em uma estratégia de marketing de conteúdo. Além disso, você encontrará dicas no final deste artigo para desenvolver sua escrita.

O que é escrita criativa

O aumento da concorrência em todos os canais de comunicação faz com que, a cada dia, seja mais difícil se destacar e transmitir bem uma mensagem. Por isso, é importante buscar novas formas de se comunicar, tanto com conteúdos de blog quanto com anúncios e comunicações em geral. Uma ferramenta muito interessante que pode ajudar é a escrita criativa.

Esse tipo de escrita nasceu com um objetivo muito claro: contar grandes histórias que fogem da considerada escrita tradicional. Para isso, esses textos são recheados de imaginação, sentimentos, expressividade e, claro, criatividade. Com tudo isso, é possível apresentar ideias complexas de forma divertida e, por isso, muitas empresas e editoras estão aplicando essa técnica literária no marketing de conteúdo.

Você gosta do que está lendo? Inscreva-se para receber os novos posts e notícias de marketing e vendas no seu e-mail
São vários os elementos que compõem um texto de escrita criativa. São esses fatores que conseguem prender o leitor e fazer com que ele mantenha a atenção na leitura até o final do texto. Mas quais são esses elementos?
  • Narrativas em que os protagonistas são construídos de forma que o leitor se sinta identificado com eles. Em outras palavras: cria-se um protagonista para a narrativa (funciona tanto para a ficção quanto para a realidade) que se aproxime o máximo possível do público-alvo.
  • Uso de uma linguagem estética e cuidadosa para expor as ideias ao longo do texto.
  • Textos originais independente do tipo de história a ser contada.
  • Uso de storytelling para conectar-se a nível emocional com os usuários e despertar sentimentos e emoções neles.

Tipos de escrita criativa

Agora que você já sabe o que é escrita criativa e quais elementos a compõem, veja de que maneiras ela pode ser utilizada. Alguns dos exemplos mais habituais são os seguintes:

  • Poesias
  • Histórias
  • Relatos
  • Scripts
  • Ensaios
  • Novelas

A escrita criativa permite estabelecer uma conexão com o leitor, oferecendo-lhe conteúdo de qualidade, envolvente e original. 

Escrita criativa no marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo e a escrita criativa podem ser combinados para alcançar melhores resultados e fazer com que seu conteúdo se destaque. Existem vários pontos que ambas as técnicas têm em comum:

  • Em primeiro lugar, ambas visam despertar as emoções dos usuários graças à palavra escrita e às mensagens bem estruturadas.
  • Em segundo lugar, recorrem a outros gêneros literários, como a poesia, para enriquecer os textos e gerar emoções.
  • Finalmente, ambos os textos podem ser usados ​​para fins de lazer ou formação/informação.

Além disso, o objetivo do marketing de conteúdo é se destacar da concorrência e agregar valor, comunicando da forma mais humana possível. Três pontos em que a escrita criativa pode contribuir muito.

Nova call to action

Exemplos de conteúdos com escrita criativa

Existem vários tipos de conteúdos que podem se beneficiar das vantagens proporcionadas pela criatividade literária:

  • Storytelling: um exemplo de marketing de conteúdo é o storytelling. Essa estratégia consegue prender mais a atenção do usuário ao mesmo tempo em que transmite uma mensagem com naturalidade. Isso é possível graças à produção de histórias com um fio condutor que os usuários podem seguir.  No âmbito do storytelling, existem diversos formatos: vídeos, histórias de marca que relatam a origem das empresas.


  • Enumerações ou rankings: é um recurso que permite que o conteúdo seja bem estruturado e claro, com um título marcante. Exemplo:

Fonte: InboundCycle

  • Casos de sucesso, depoimentos: consiste em  contar em detalhes sobre o uso dos serviços e produtos da empresa, apoiando-se na escrita criativa. Assim, a empresa consegue transmitir uma mensagem de marca que ajuda a criar o marketing de conteúdo. Um exemplo é a página de histórias de sucesso da Nuvemshop.

Fonte: Nuvemshop

Nova call to action

Como incorporar a escrita criativa em sua estratégia de marketing de conteúdo

Depois de ver a importância de conciliar a redação criativa à sua estratégia de marketing, veja como você pode integrá-la. Para isso, você deve seguir estas seis etapas:

  1. Defina algumas metas: primeiro é preciso definir o que você quer alcançar com o conteúdo que está criando e como isso pode ajudar na sua estratégia de marketing. Isso vai depender do seu objetivo, da mensagem que você quer passar e do canal que você vai utilizar.
  2. Crie um manual de estilo: uma vez definidos os objetivos, você pode criar um manual de estilo específico para sua marca. Isso permitirá que todo o conteúdo criado tenha um mesmo tom e seja coeso.
  3. Escolha uma ideia: para começar a preparar suas primeiras peças de escrita criativa, você precisará identificar a ideia e o conceito que deseja transmitir, ou seja, sobre o que vai escrever. Aqui é necessário fazer uma investigação preliminar de quais informações sua buyer persona pode estar interessada e como você pode trabalhar com esses temas. Uma boa forma de realizar essa pesquisa é por meio de palavras-chave.
  4. Comece a escrever: depois de escolher o assunto a ser tratado, escreva usando diferentes técnicas de redação. Vincule um conteúdo de qualidade e uma forma criativa de transmiti-lo. Alguns exemplos que você pode usar são: storytelling, fazer enumerações e listas, usar casos de sucesso ou entrevistas, metáforas e comparações, entre outros. Você pode encontrar mais maneiras de usar a escrita criativa na seção "Tipos de escrita criativa" do artigo.
  5. Revise o conteúdo: antes de publicar, faça uma revisão final para garantir que o conteúdo seja de qualidade, interessante e cativante para o leitor.
  6. Meça os resultados: finalmente, revise os resultados para avaliar qual conteúdo funcionou melhor e quais melhorias você pode aplicar em suas futuras publicações.

Dicas para desenvolver a criatividade na redação e criação de conteúdo

Seguindo estas dicas, você conseguirá adicionar mais criatividade em seus textos, ainda que, às vezes, seja difícil inovar e ser original.

A criatividade é uma atividade que exige treinar o cérebro, como se ele fosse mais um músculo do seu corpo. Quanto mais você colocá-lo para trabalhar, melhor desempenho ele terá. A prática é fundamental! No entanto, existem algumas práticas que podem ajudar a melhorar sua criatividade:

  • Ser curioso: quanto mais informações e referências você tiver, mais fácil será encontrar inspiração. Ler muito ajudará a ver diferentes maneiras de escrever de forma criativa.
  • Fazer brainstorming: nas fases iniciais, a quantidade importa mais que a qualidade. Você nunca sabe até onde uma ideia simples pode levá-lo, por isso faça brainstormings com frequência, sempre tentando ter mais ideias, mesmo que depois escolha as melhores.
  • Trabalhe o pensamento lateral: isso é, quebre padrões tentando encontrar soluções novas e criativas para os problemas. Isso na escrita criativa pode se refletir em uma comparação inesperada e na ligação de dois conceitos que, à primeira vista, não se conectam.

Com todas essas informações, você já deve ter visto a importância da escrita criativa e o mundo de possibilidades que ela pode abrir para sua marca. Lembre-se de que esta é uma ótima forma de se destacar entre todos os conteúdos digitais, pois combina conteúdo de qualidade com um fator emocional e cativante, o qual ajudará a manter o interesse da sua buyer persona.

Você só precisa praticar e trabalhar seu cérebro para ser mais criativo. Que tal colocar a criatividade em prática dentro da sua estratégia de conteúdo?

Nueva llamada a la acción

Publicado em 5 de setembro de 2023.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

FAQ sobre escrita criativa

  • O que é Escrita Criativa?

    A escrita criativa é uma forma de expressão literária que visa criar conteúdo original e cativante por meio do uso imaginativo da linguagem. É uma maneira de explorar ideias, emoções, histórias e conceitos de maneira única e inovadora. A essência da escrita criativa está em transmitir uma mensagem, contar uma história ou evocar sentimentos de maneira única, muitas vezes indo além das convenções tradicionais da linguagem.

  • Como começar a estudar Escrita Criativa?

    Algumas dicas para estudar escrita criativa são:

    • Leia amplamente, em especial obras literárias
    • Participe de oficinas de escrita
    • Seja curioso e pesquise informações
    • Pratique o brainstorming
    • Trabalhe o pensamento lateral
    • Escreva regularmente
    • Revise e edite
  • Quais são os exemplos de escrita criativa?

    Alguns exemplos de escrita criativa são: storytelling, enumerações ou rankings, casos de sucesso, depoimentos, poesias, histórias, relatos, scripts.

Ver más

Outros posts que podem te interessar...

Marketing digital Back-end e front-end: descubra o que são e suas principais diferenças
Por Ana Claudia Ferreira en
Marketing digital 11 tendências em inteligência artificial (IA) para 2024
Por Marina Mele en
Marketing digital Tendências para podcasts em 2024
Por Celia Pérez en
Marketing digital Departamento de marketing: um guia completo, estrutura e funções
Por Ana Claudia Ferreira en

O que você acha? Deixe um comentário!