<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

O que é plano estratégico de marketing e como fazer?

CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

Você sabe como os objetivos de uma empresa se transformam em atividades do dia a dia da equipe de marketing? Na prática, isso é feito através de um plano estratégico de marketing, que define as linhas de ação do time.

Este departamento é responsável por definir o posicionamento, produto, preço e estratégia de promoção de uma empresa. Esses também são conhecidos como os 4Ps do marketing. Para ter sucesso com cada uma das decisões que são tomadas, é necessário ter o apoio de um bom plano de ação.

O que é um plano estratégico de marketing?

O plano de marketing é um documento de trabalho que contém as táticas e ações que serão implementadas no departamento para atingir os objetivos da empresa.

Com a orientação que ele fornece, é mais fácil alinhar as metas de negócios com as atividades de marketing que possibilitam atingir os objetivos no prazo determinado.

Além disso, um plano estratégico de marketing é considerado um documento de referência que deixa claras as prioridades e responsabilidades para a equipe e que agiliza a tomada de decisões.

Tipos de planos de marketing

Dependendo de quão genérico ou específico é, existem diferentes tipos de planos de marketing:

  • Plano estratégico de marketing anual, semestral ou trimestral. Eles se diferem entre si pelo escopo de tempo do planejamento.
  • Plano de marketing de conteúdo, plano de mídia social, plano de publicidade online. Cada área da equipe de marketing pode criar seu próprio planejamento para fundamentar as ações que serão implementadas, tendo assim um roteiro claro a seguir.
  • Plano de lançamento do produto. Ele detalha todas as estratégias a seguir para introduzir um novo produto ou serviço no mercado.

Por que fazer um plano de marketing?

Como foi mencionado acima, o plano estratégico de marketing funciona como um roteiro que acelera a tomada de decisões. Outras vantagens de reservar um tempo para criar este plano são as seguintes:

  • Ajuste da estratégia de marketing às necessidades da empresa;
  • Melhorar a comunicação interna;
  • Maior coordenação na realização das ações;
  • Clareza sobre responsáveis e prazos das tarefas;
  • Todas as informações relevantes relacionadas com o contexto da sua empresa e setor em um só lugar;
  • Revisão contínua das ações e seus resultados;
  • Maior Retorno sobre Investimento (ROI);
  • Atitudes serão tomadas tendo o objetivo em mente;
  • Identificação de mudanças no setor;
  • Menor risco de tomar decisões improvisadas, sem dados que as suportem.

10 Passos para preparar um plano estratégico de marketing

Existem diferentes etapas do plano de marketing que ajudarão a definir a estratégia para sua empresa. A seguir, confira os 10 passos que vão desde a definição do objetivo da equipe até a proposta de análise dos resultados.

1. Defina a missão do departamento

Qual é a principal missão da sua empresa e como o departamento de marketing contribui para isso? Ser claro sobre o objetivo final da organização pode ajudar a entender melhor que tipo de estratégias seguir. Ao criá-lo, é aconselhável especificar ao máximo sem exceder os detalhes.

Tenha em mente que a missão de marketing sempre servirá ao propósito geral do negócio, contribuindo para isso de alguma forma.

Por exemplo, a missão do HubSpot é ajudar milhões de organizações a crescer melhor por meio de suas ferramentas para equipes de marketing, vendas, atendimento ao cliente e operações. A equipe de marketing pode contribuir para isso gerando conteúdo educacional e inspirador para profissionais dessas áreas e treinando agências parceiras em todo o mundo para também fazer esse trabalho em seu nome.

2. Defina seus objetivos

Antes de decidir quais estratégias específicas o ajudarão a alcançar a missão de sua equipe, você precisa saber com quais metas seu desempenho será medido.

Você pode ter vários objetivos, mas seria bom não focar em mais de 2 ou 3 ao mesmo tempo. Isso leva à perda de foco no plano estratégico de marketing e não seria bom para o seu negócio.

Esses objetivos podem ser genéricos, como:

  • Melhorar a marca do meu negócio.
  • Aumentar as vendas.

Mas então você deve segmentá-los em objetivos específicos:

  • Melhorar a marca do meu negócio.
  • Aumentar as vendas.
    • Conseguir mais visitas às páginas de produtos.
    • Vender mais produtos por carrinho.

Seria bom especificar ainda mais os objetivos estabelecidos e os associá-los a métricas e prazos específicos:

  • Melhorar a marca do meu negócio.
    • Aumentar a quantidade de fãs do Facebook em 40% em relação ao ano passado.
    • Aumentar o tráfego para o site em 20% em relação ao ano passado.
  • Aumentar as vendas.
    • Conseguir 10% mais visitas às páginas de produtos em relação ao ano passado.
    • Vender mais produtos por carrinho: de 1,25 para 2,5 unidades em um ano.

Assim, você terá objetivos bem definidos que poderá seguir e analisar para ver se os resultados estão sendo alcançados.

Como complemento ao seu plano estratégico de marketing, é recomendado fazer um documento com todos os objetivos a serem alcançados. Crie uma lista com as metas de marketing organizadas por intervalo de tempo para ajudar a equipe a tomar decisões. Nós propomos o uso destas três categorias:

  • Objetivos imediatos, de um a seis meses.
  • Objetivos de curto prazo, seis a 12 meses.
  • Objetivos de longo prazo, de 12 a 24 meses.

3. Analise sua estratégia atual

Depois de definir a missão e como ela se traduz em expectativas por parte da gestão da empresa, é hora de trabalhar na estratégia. Para fazer isso, recomendamos que você primeiro gaste algum tempo analisando sua situação.

Analisar a estratégia de marketing gera conhecimento e contextualização sobre sua empresa e o mercado em que atua. Além disso, relembra quais táticas de marketing específicas foram lançadas no passado e dá visibilidade de quão eficazes elas foram.

A seguir, alguns aspectos para serem revistos nesta auditoria estratégica.

Análise interna:

  • História da empresa;
  • Principais buyer personas;
  • Ações já realizadas e seus resultados;
  • Forças e fraquezas;
  • Capacidade de trabalho e orçamento.

Uma maneira muito eficaz de analisar todos esses aspectos é realizar uma análise SWOT. A partir de uma estrutura matricial, são identificadas quatro variáveis-chave para o planejamento estratégico.

Essa abordagem analítica facilita o entendimento da situação real da empresa, investigando suas principais fraquezas: quais são as principais barreiras para o progresso na organização? Quais aspectos representam uma desvantagem em relação aos concorrentes? Quais problemas exigem solução? Os pontos fortes também são analisados, como as fontes de valor do negócio e os diferenciais perante a concorrência.

4. Pesquise o mercado

Após analisar o marketing da sua empresa, o próximo passo é pesquisar o contexto de negócios em que ela atua. O objetivo desta etapa é entender realisticamente qual o papel que seu negócio desempenha no mercado.

Além disso, esta pesquisa permite fazer projeções bastante precisas sobre o crescimento do seu setor, identificar seus aspectos mais competitivos e explorar novas oportunidades e tendências.

Análise externa:

  • Contexto econômico e social.
  • Contexto da indústria.
  • Principais competidores.
  • Principais segmentos de mercado que você está posicionado.
  • Oportunidades e ameaças.

Fazer uma pesquisa de mercado permite identificar as ameaças, como situações fora da empresa que podem prejudicar seu desempenho e problemas no ambiente organizacional. As oportunidades da análise SWOT identificam os elementos para continuar crescendo e seu impacto positivo nas operações.

Nueva llamada a la acción

5. Identifique seu público-alvo

Após a análise aprofundada da empresa e do mercado, você terá uma ideia clara das áreas em que a companhia pode se destacar e qual público que suas soluções podem ajudar.

Reserve um tempo para definir esse público-alvo, sua buyer persona e quais são as motivações e necessidades que tornam esses os clientes ideais para o seu negócio. Tenha em mente que quanto melhor você entender sua persona, mais fácil fica saber quais técnicas de marketing devem ser implementadas para alcançá-las.

6. Priorize suas atividades

Com todas essas informações, decida quais são as táticas de marketing que irão ajudar você a estabelecer um melhor relacionamento com sua buyer persona, colaborando para alcançar seus objetivos de negócio.

Com base nos exemplos mencionados acima, você precisa especificar algumas ações para alcançar suas metas. Por exemplo:

  • Melhorar a marca do meu negócio.
    • Aumentar a quantidade de fãs no Facebook: com campanhas de Facebook Ads, compartilhando imagens engraçadas ou postando vídeos virais.
    • Aumente o tráfego para o site: você conseguirá isso aumentando sua presença nas redes sociais, publicidade e outros canais relevantes.
  • Aumentar as vendas.
    • Conseguir mais visitas às páginas dos produtos: faça o SEO das páginas dos produtos e compartilhe nas redes sociais.
    • Vender mais unidades por carrinho: trabalhe em indicações de produtos similares ou complementares.

Obviamente, tudo isso terá que ser muito mais detalhado no seu plano de marketing, mas pode ser o seu ponto de partida.

Dentro desta etapa, também é importante listar as omissões no plano estratégico de negócios, ou seja, especificar quais ações ou táticas não serão lançadas durante aquele período.

7. Defina seu orçamento

Agora que você já sabe quais ações vai implementar e quais não serão, identifique os recursos financeiros associados a elas. Você precisa considerar todas as despesas relacionadas a software, contratação (se requer equipe interna ou externa), custo de campanhas, entre outros.

Quando você tiver todos esses dados, poderá começar a preparar seu orçamento de marketing.

8. Atribua responsabilidades

Também é preciso identificar quais pessoas da sua equipe vão cuidar de quais ações. Assim fica mais fácil para sua equipe saber quais são suas responsabilidades e quais resultados se espera alcançar com cada uma delas.

9. Programe a implementação do seu plano estratégico de marketing

Neste ponto do processo, está tudo pronto para a preparação do cronograma de implementação. Este documento mostra quais ações de marketing serão realizadas, quando elas entrarão em operação e quem será o responsável por elas.

Criar um cronograma é uma parte importante do processo, pois permite equilibrar a dedicação de suas equipes e identificar possíveis gargalos no lançamento de sua estratégia.

Se nesta etapa você perceber que faltam recursos ou que uma equipe pode estar sobrecarregada, considere contratar um consultor ou uma agência externa para ajudá-lo nessas tarefas específicas.

10. Prepare os recursos para analisar seus resultados

Você achou que estava tudo pronto? Bem, agora vem um dos passos mais importantes!

A sua estratégia de marketing serve para ajudá-lo a atingir objetivos definidos. Portanto, é muito importante considerar como você vai acompanhar os resultados. A sua análise não deve ser pontual, e sim algo constante.

A melhor dica é criar um dashboard ou painel de controle para acompanhar os resultados periodicamente, seja de semana a semana ou pelo menos de mês a mês. Dessa forma, você poderá identificar a tempo se não está alcançando os resultados esperados e aplicar medidas corretivas. Assim você não perde de vista o seu objetivo!

Um bom plano estratégico de marketing inclui objetivos, estratégias e ações de marketing baseadas em dados e análises de mercado. O objetivo é adequar esses fatores às possibilidades da empresa e do comprador a quem se destina. Este documento deve ser um pilar no dia a dia do seu departamento e o roteiro que lhe permite atingir os seus objetivos.

Antes de encerrarmos, encorajamos você a dar uma olhada nas respostas a algumas perguntas comuns sobre o plano de marketing estratégico abaixo.

Esperamos que essas dicas ajudem você a criar um plano estratégico de marketing para sua empresa. Compartilhe suas experiências nos comentários!

CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 14 de julho de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

Fuentes

  1.  Qué es un plan de marketing y cómo crearlo - HubSpot blog

  2. 7 ejemplos de planes de marketing digital exitosos que te ayudarán a crear el tuyo - HubSpot blog

  3. Plan de marketing online: Ejemplos y herramientas - Marketing and Web

FAQ sobre plano estratégico de marketing

  • O que é um plano estratégico de marketing?

    O plano de marketing é um documento de trabalho que contém as táticas e ações que serão implementadas no departamento para atingir os objetivos da empresa.

    Com a orientação que ele fornece, é mais fácil alinhar as metas de negócios com as atividades de marketing que possibilitam atingir os objetivos no prazo determinado.

  • Quais são as etapas do plano estratégico de marketing?

    Existem diferentes etapas do plano de marketing que ajudarão a definir a estratégia para sua empresa. A seguir, confira os 10 passos que vão desde a definição do objetivo da equipe até a proposta de análise dos resultados.

    1. Defina a missão do departamento
    2. Defina seus objetivos
    3. Analise sua estratégia atual
    4. Pesquise o mercado
    5. Identifique seu público-alvo
    6. Priorize suas atividades
    7. Defina seu orçamento
    8. Atribua responsabilidades
    9. Programe a implementação do seu plano estratégico de marketing
    10. Prepare os recursos para analisar seus resultados

  • Quais são os tipos de plano de marketing?

    Dependendo de quão genérico ou específico é, existem diferentes tipos de planos de marketing:
    • Plano estratégico de marketing anual, semestral ou trimestral. Eles se diferem entre si pelo escopo de tempo do planejamento.
    • Plano de marketing de conteúdo, plano de mídia social, plano de publicidade online. Cada área da equipe de marketing pode criar seu próprio planejamento para fundamentar as ações que serão implementadas, tendo assim um roteiro claro a seguir.
    • Plano de lançamento do produto. Ele detalha todas as estratégias a seguir para introduzir um novo produto ou serviço no mercado.
  • Qual a importância do plano estratégico de marketing?

    Um plano estratégico é importante porque serve para alinhar a equipe de marketing com a visão da empresa.

    O mercado também é pesquisado para identificar o público-alvo que a empresa tem como alvo e quais técnicas de marketing servirão para alcançá-lo.

    Em resumo, é um documento de alto nível com o qual a direção geral pode conhecer as principais linhas de ação do departamento de marketing.

Outros artigos que podem te interessar...

Canvas: o que é e como aplicá-lo à sua estratégia de negócios
WhatsApp Marketing: como desenvolver uma campanha de sucesso?
MVP: o que é um produto mínimo viável e como criá-lo

O que você acha? Deixe um comentário!