<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

Marketing imobiliário: o que é, estratégias e exemplos de campanhas eficazes

CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

O mercado imobiliário é bastante influenciado pelos ciclos econômicos do país e as taxas de juros. Porém, uma constante é que há cada vez mais competidores e start-ups revolucionando o setor.

Por isso, os profissionais do setor imobiliário devem estar preparados para enfrentar o futuro e se especializar para fazer a diferença. O marketing imobiliário é a melhor alternativa para uma venda eficaz.

Neste artigo, você conhecerá estratégias, exemplos e dicas de marketing imobiliário para fazer o seu negócio decolar. Vamos começar?

O que é marketing imobiliário?

O marketing imobiliário é o conjunto de ações e estratégias publicitárias ou comerciais que são executadas em produtos e serviços imobiliários.

Benefícios do marketing imobiliário

  • Redução de custos. A longo prazo, há economia nos custos de publicidade, pois, graças a uma boa estratégia de marketing imobiliário, a sua empresa estará na mente do cliente quando ele precisar de uma imobiliária.
  • Destaque frente à concorrência. Em um mercado tão tradicional como o imobiliário, com uma boa estratégia de marketing, você será a opção escolhida pelo cliente. Faça coisas novas que o diferenciam da concorrência e você trará o cliente para sua agência.
  • Mais clientes exclusivos. Graças à implementação de um bom marketing, você será percebido pelo cliente como uma agência que investe em seus clientes, e isso tornará muito mais fácil para sua agência fechar contratos exclusivos.
  • Clientes melhores. Clientes que valorizam o esforço em marketing para vender suas casas ou ajudá-los a comprar. Você terá os clientes que merece.
  • Mais recomendações de clientes. O melhor cliente é aquele indicado por um cliente satisfeito. E você terá esses clientes se fizer um bom marketing imobiliário.

Estratégias de marketing imobiliário: ações offline

É claro que hoje o marketing digital é a tendência e vem com força, mas não se pode esquecer das ações de marketing imobiliário offline que você deve realizar em seu negócio.

Somente combinando as melhores estratégias de marketing offline e marketing online você conseguirá ter sucesso e ser o líder do seu mercado.

Só porque é marketing offline não significa que tenha que ser obsoleto ou excessivamente tradicional. Compartilho algumas ideias de marketing offline que podem ser trabalhadas por você. Inspire-se!

  • Se for anunciar em jornais e revistas tradicionais, procure designs atraentes, impactantes e que convidem a leitura, para que não acabem no lixo.
  • Organize palestras em seus escritórios sobre temas que, em princípio, nada tenham a ver com seu setor, mas são de interesse de seus potenciais clientes. Por exemplo, organize um workshop de culinária com um chef conhecido e convide clientes em potencial. Faça com que eles conheçam e confiem em você em um ambiente descontraído.
  • Patrocine eventos esportivos locais. Mas não deixe o patrocínio ficar apenas no logotipo da sua empresa estampado numa camiseta, envolva-se e vá no dia do evento, monte seu estande e aproveite para fazer um bom networking.
  • Organize um workshop para corretores com dicas de vendas, mostrando como podem vender seus imóveis.
  • Dê uma festa em seu escritório e convide seus clientes. Diga-lhes que podem vir acompanhados de quem quiserem, desta forma marcará presença e poderá obter referências facilmente.
  • Trabalhe com parceiros em sua área. Você poderá realizar ações conjuntas com eles, obter referências de qualidade e marcar presença em sua localidade.

A boa notícia é que a maioria dessas ações pode ser compartilhada no mundo digital, aumentando seu impacto. Faça o teste!

Criar uma zona

Criar uma zona é uma das ações mais rentáveis ​​para um negócio imobiliário. Essa ação consiste em prospectar possíveis clientes de vendas em determinada região geográfica.

Para isso, a imobiliária designará um ou dois agentes imobiliários por zona, e estes terão de “trabalhar a sua zona”, posicionando-se como referência na mesma.

Como o corretor pode trabalhar a sua zona?

Não se trata apenas de distribuir panfletos, postar nas redes sociais e deixar a revista imobiliária nas lojas (mas também). É sobre ser conhecido, e quanto mais pessoas conhecerem a sua agência, melhor.

Para fazer isso, você terá que conversar e, acima de tudo, ouvir comerciantes e vizinhos. Saiba quem são os porteiros dos prédios e para saber quando os vizinhos vão vender.

Você precisará fazer as perguntas certas para descobrir quais imóveis estão à venda ou para alugar. É um trabalho que exige investimento de tempo, muita caminhada e uma boa dose de empatia.

Marketing de conteúdo para imóveis

Marketing de conteúdo consiste em oferecer informações valiosas ao nosso cliente. São informações que são distribuídas gratuitamente em diferentes canais de marketing.

Para vender é importante educar o potencial cliente primeiro. Para isso, é fundamental que você estude o seu público-alvo e defina detalhadamente sua buyer persona para saber qual conteúdo vai interessá-la. O conteúdo do marketing imobiliário deve estar focado em ajudar o usuário. Lembre-se disso!

O que buscamos com o marketing de conteúdo é oferecer conteúdo relevante para o comprador ou vendedor em cada uma das fases pelas quais ele passará durante o processo de compra. Se você disponibilizar informações valiosas e eles o virem como referência e especialista no setor, é muito mais provável que eles lhe concedam direitos exclusivos na venda de seu imóvel, por exemplo.

O marketing de conteúdo é fundamental no marketing imobiliário hoje, então seguem abaixo algumas ideias para da sua agência um imã para vendedores e compradores.

Blog imobiliário

Sem dúvida, é o rei do marketing de conteúdo imobiliário. E não pense: “Já tenho um site, por que preciso de um blog?” Justamente para que os clientes cheguem ao seu site.

O blog é uma ferramenta espetacular de posicionamento online se for bem trabalhado com palavras-chave. Também permite que você ofereça conteúdo de alto valor para seus clientes em potencial, conteúdo que eles procuram na internet e para o qual você pode oferecer uma resposta que ajudará a aumentar suas chances de se tornarem clientes.

Então dê um gás e trabalhe em seu blog imobiliário, depois compartilhe seus artigos em suas redes sociais e assim atraia tráfego qualificado para seu site. Você pode falar sobre milhões de coisas em seu blog imobiliário: notícias do setor comentadas e explicadas do seu ponto de vista, decoração de casa, dicas para preparar sua casa para o calor ou frio, notícias e eventos locais, casas exclusivas, dicionário de termos imobiliários... e até receitas de culinária ou cuidados com as plantas!

Nueva llamada a la acción

Ebooks ou guias gratuitos

Você pode escrever um e-book gratuito que sirva como “isca” para conseguir o contato do interessado. O usuário que desejar este o gratuito deverá preencher um formulário com seus dados. Desta forma, você estará aumentando seu banco de dados com leads qualificados para trabalhar posteriormente.

O ebook pode ser um "Guia do Vendedor" no qual você explica os prós e os contras da venda de uma casa. Pode receber o nome de, por exemplo, "Guia sobre como preparar sua casa para venda" ou uma coleção de tutoriais sobre decoração.

Conteúdo imobiliário atraente: como escrever textos de marketing imobiliário

Não caia no clichê de “Apartamento grande e iluminado em…”, dê vida aos seus textos! Nos portais imobiliários a imagem é o que se destaca, isso é claro. Mas você deve atrair com a imagem e seduzir com o texto.

No final, trata-se de pessoas, não de casas. Então, use o storytelling e conte a história daquela casa ou uma anedota que os proprietários viveram e que se conecta com os futuros compradores, ou fale de momentos especiais que os futuros compradores podem vivenciar.

E, claro, fale sobre o ambiente, descreva como é um dia naquele bairro ou naquela área, como são seus vizinhos ou as atividades que podem ser feitas ali.

Deixo aqui alguns exemplos da Quinto Andar, conhecidos como a maior plataforma de moradia da América Latina, que eu adoro pela sua originalidade. Eles são são conhecidos por promoverem compra, venda e aluguel de maneira descomplicada.

copy-imobiliario-exemplo

Tutoriais: vídeos seriados com pílulas informativas

Você pode fazer uma série de vídeos curtos como um tutorial sobre diferentes temas de interesse do seu público, desde pílulas informativas sobre termos imobiliários até um “faça você mesmo” sobre como transformar um palete em uma mesa.

Infográficos

Muito do conteúdo que você gera para o blog, seus e-books, panfletos e vídeos podem ser reproduzidos em infográficos, facilitando o entendimento rápido da informação.

Os infográficos estão muito na moda, são conteúdos de fácil compartilhamento e que podem atingir novos usuários e potenciais clientes. Você pode, por exemplo, fazer um infográfico sobre os custos de compra ou venda de uma casa ou dicas sobre o que fazer durante uma visita a compradores.

Podcast

Há cada vez mais podcasts, isso é um fato, e um dos principais motivos de sua popularidade é que são conteúdos que podem ser ouvidos onde e quando quiser.

Fique à frente sendo a primeira corretora de imóveis da sua cidade a ter um canal de podcast onde você fala sobre novidades imobiliárias.

Você pode falar sobre como está o mercado imobiliário em determinado bairro ou as últimas casas que vendeu, e oferecer um conteúdo valioso para o seu cliente.

Sabia que quase todo mundo gosta de saber quanto valeria sua casa se decidisse colocá-la à venda? Aproveite isso para atrair clientes.

Com todo o material que você está gerando em suas ações de marketing imobiliário, não deve ser difícil converter o conteúdo do seu blog ou dos seus guias em áudios para um podcast semanal de 20 minutos, por exemplo.

Também pode trazer convidados para falar sobre diferentes assuntos de novidades do setor, decoração, arquitetura... ou pessoas da sua área que você pode convidar para falar sobre o planejamento e ordenamento territorial da sua cidade, festivais locais ou abertura de novos negócios.

Webinars

Você pode organizar as oficinas com proprietários que vimos anteriormente em ações de marketing imobiliário offline, mas em formato de webinar em vez de presencial. Os usuários interessados ​​se conectam a uma sessão online mediante cadastro prévio, o que lhe permitirá ter acesso aos seus dados para poder contatá-los assim que o webinar terminar.

Também podemos fazer webinars dedicados à formação de outros profissionais do nosso setor, para que possamos nos posicionar como especialistas e ganhar autoridade de conhecimento.

Vídeo marketing para imobiliárias

O vídeo marketing veio para ficar, pois é uma das tendências atuais do marketing imobiliário.

Já sabemos que, como regra geral, o usuário prefere consumir vídeo antes de qualquer outro formato. Esta é a maneira perfeita de se conectar emocionalmente com seu público!

Aqui estão alguns exemplos de como você pode implementar essa tendência em sua estratégia de marketing. Consegue pensar em outros?

Vídeos promocionales

Você pode promover sua empresa de forma original, nova e com proximidade do potencial cliente graças ao vídeo. Falar sobre os valores da sua marca e deixar seu trabalho falar por você é muito mais fácil se usarmos o vídeo marketing.

Veja aqui um exemplo de uma empresa imobiliária que optou por esta ação:

Vídeos promocionais do lugar ou imóvel

Quer melhor forma de mostrar uma casa do que em vídeo? Faça uma boa produção e use o storytelling para contar uma boa história enquanto mostra a casa.

Use drones para mostrar sua localização e os arredores, converse com vizinhos ou até mesmo proprietários atuais para explicar os benefícios do bairro, e convide um comprador que é novo no bairro. Você também pode fazer uma transmissão ao vivo nas redes sociais e criar expectativa em torno da aquisição de uma nova casa.

Existem agências de marketing especializadas que certamente o ajudarão a fazer com que seus vídeos promocionais se conectem com as emoções de seus clientes, pois não se esqueça que compramos com o coração.

Vídeo com depoimentos de clientes

Os vídeos de depoimentos funcionam muito bem, mas é preciso saber como fazê-los.

Meu conselho é que você tenha a ajuda de um especialista em vídeo marketing para fazer vídeos profissionais e de qualidade, e também tenha uma boa equipe de imagem e som.

A melhor maneira de vender é através da experiência de um cliente satisfeito. Isso se conectará muito mais com nosso público-alvo, que simpatiza com alguém com quem se identifica primeiro.

Não podemos esquecer de que estamos falando de pessoas, não de casas. Falamos sobre ajudar as pessoas a resolver problemas, e se as pessoas nos disserem como as ajudamos a resolver esse problema, teremos muito a ganhar.

Deixo você com outro exemplo de um vídeo de depoimento feito por uma imobiliária para que se possam inspirar.

Realidade virtual

Embora não seja vídeo marketing propriamente dito, não quero deixar de mencionar esta técnica cada vez mais utilizada. Graças à tecnologia, um cliente pode visitar uma casa usando apenas óculos de realidade virtual.

Live House Tour

A nova realidade prevalece e, após a pandemia, nem todos os nossos clientes querem ou podem visitar as casas pessoalmente. Por isso, fazer lives para que eles possam ver os imóveis é uma opção muito boa.

Você pode fazer transmissões ao vivo no Facebook ou Instagram, com anúncio prévio de quando será e qual casa você vai mostrar e quais são suas características. Além disso, essas lives permitem que o público faça perguntas ao vivo que podemos responder à medida que mostramos a casa.

Outra opção é fazer vídeo-visitas privadas apenas para um grupo de clientes ou um cliente específico. Esta é uma ótima ideia para clientes que estão fora da cidade onde o negócio está localizado, mas que querem comprar uma casa na região.

Redes sociais para imóveis

A primeira dica é que qualidade é melhor que quantidade. Ou seja, não adianta estar em todas as redes sociais se você não se dedicar a elas, pois isso pode transmitir uma imagem de abandono.

Por isso, o melhor a fazer é investir tempo preparando um plano de mídia social, identificando em quais redes sociais o seu público-alvo está. Assim pode-se desenvolver uma estratégia para atingir o público-alvo.

Sim, você leu certo: estratégia nas redes sociais. Não basta publicar imóveis em seu perfil ou ter frequentado aquele curso sobre redes sociais: é necessário gerar valor e deixar a autopromoção de lado.

Abaixo detalho as redes sociais com maior potencial para o seu marketing imobiliário.

Facebook para imobiliárias

Posso dizer que a maior parte do seu público-alvo (especialmente os vendedores) está no Facebook. Se eu tivesse que escolher uma rede social para imobiliárias, o Facebook seria a minha escolha.

Atualmente, um grande número de casas estão sendo vendidas nesta rede social, por isso encorajo você a criar uma fanpage que o ajudará tanto a vender como a prospectar casas.

Como você sabe, o Facebook quer que você pague por anúncios. É por isso que faz convites para promover seus posts repetidamente, e é por isso também que limita seu alcance orgânico ou natural. E aí você vai se perguntar: mas como eu trabalho o Facebook para que minhas publicações cheguem aos meus potenciais clientes?

Graças à minha experiência com imobiliárias, posso dizer que o conteúdo de marca funciona muito bem no Facebook: faça branding. Compartilhe sua atividade diária e combine-a com postagens que agreguem valor sobre notícias do setor, curiosidades, dicas de decoração, notícias locais, promoção de empresas parceiras, etc.

O importante é que você trabalhe muito bem o conteúdo da sua marca: boas fotos, bons textos, vídeos que chamem a atenção, lives apresentando imóveis, vídeos promocionais, etc.

Além disso, é uma maneira perfeita de se manter conectado com os clientes e dar atenção a eles por meio do Facebook Messenger.

O Facebook é um bom canal para adquirir leads graças à publicidade imobiliária.

E a isso, se você tiver um orçamento, poderá adicionar campanhas publicitárias de anúncios do Facebook mostrando suas casas à venda. No Facebook Ads é onde vamos conseguir segmentar muito bem o público, chegar a um perfil de cliente que procura sua primeira casa ou a um perfil de investidor, dependendo do imóvel em questão. Isso permite obter leads que mais tarde podem se converter em potenciais compradores.

Por fim, você também pode trabalhar com o Facebook Marketplace publicando os imóveis.CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

Instagram para imobiliárias

Instagram é uma rede para a qual você tem que dar amor todos os dias, perseverança é a chave. Melhor todos os dias um pouco do que uma semana muito e o resto do mês nada. É a rede perfeita para ser espontâneo e transmitir proximidade à sua comunidade.

Não caia no erro de pensar que você pode postar a mesma coisa no Facebook e no Instagram: o público-alvo das duas redes é diferente. No Instagram você vai encontrar a parte mais jovem do seu público-alvo (principalmente compradores), mas não pense que só vai encontrar millennials nessa rede social, já que as mães deles também estão por aqui... e elas fazem parte do seu target!

A primeira coisa que precisa fazer é ter um perfil de empresa no Instagram, assim você pode medir e analisar todas as suas ações nesta rede social. Também pode ter botões de contato, algo muito importante para conseguir clientes.

O próximo passo é ter uma bio que brilhe. Você tem que otimizá-la adequadamente, já que a concorrência no Instagram é brutal, e um novo seguidor tem apenas alguns segundos para decidir se vai seguir você ou não, se compra de você ou não.

Como trabalhar o Instagram para sua imobiliária?

Você pode trabalhar em três tipos diferentes de postagens:

  • No feed, mostre fotos bonitas e de qualidade de suas casas, detalhes de decoração e detalhes arquitetônicos. Brinque com formatos e crie carrosséis. É muito importante ter uma alimentação harmônica que reflita sua essência e que chame a atenção dos seguidores.
  • Nos Stories, mostre todo o conteúdo que não tem lugar no feed por não ser tão estético. Fotos e vídeos da sua atividade diária, fotos de casas, vídeos promocionais, making of de ensaio fotográfico de uma casa, etc. Seja original e use aplicativos como StoryLuxe ou Mojo para dar um toque novo e divertido aos seus Stories.
  • IGTV. Use-o para enviar vídeos com mais de 1 minuto. Você pode adaptar seus vídeos para o formato vertical do IGTV e aproveitar esse canal para atingir um público maior que ainda não o conhece.

LinkedIn para imobiliárias

LinkedIn é uma rede profissional na qual você tem que estar, sim ou sim, como profissional do setor imobiliário para interagir com outros profissionais do seu setor e outros relacionados ao seu. Pois, por exemplo, é muito provável que se você precisar oferecer um bom financiamento para seus clientes compradores, encontrar profissionais financeiros no LinkedIn com quem possa colaborar, ou se for vender uma casa que alguns irmãos herdaram, precise da assessoria de um advogado especializado em gestão de heranças.

Você pode criar uma página da empresa no LinkedIn e postar nela, mas a verdade é que é muito difícil para uma pequena ou média empresa conseguir seguidores no LinkedIn e obter alcance orgânico. É por isso que meu conselho é que você e seus funcionários prospectem e trabalhem nesta rede social pessoalmente.

Como você pode fazer isso? Trabalhando a marca pessoal de cada colaborador sob o guarda-chuva fornecido pela empresa. Se você incentivar seus funcionários a trabalharem em sua marca pessoal, ganhará clientes e se mostrará como uma empresa que potencializa o talento de seus funcionários.

Os seus funcionários serão os melhores embaixadores da sua marca, mas para isso você não pode ter medo de que eles usem as redes sociais todos os dias como mais uma ferramenta de trabalho.

Compartilhe e comente notícias do setor imobiliário no LinkedIn, siga seus parceiros, compartilhe artigos interessantes do seu blog imobiliário sobre habitação, questões econômicas ou jurídicas, etc. Estes são alguns exemplos do que você pode fazer para se posicionar como referência e especialista em seu setor.

YouTube para imobiliárias

É o canal perfeito e necessário para desenvolver sua estratégia de vídeo marketing. Carregue e compartilhe seus vídeos, todos os que vimos que você pode fazer em sua estratégia de marketing imobiliário.

Além disso, se você trabalhar o YouTube corretamente, é muito possível que o Google mostre seus vídeos nas primeiras posições de busca por suas palavras-chave favoritas, já que o conteúdo do vídeo é recompensado, sendo a opção escolhida pelo usuário.

Twitter para imobiliárias

Essa rede social é mais setorial, e no caso de imobiliárias é difícil conseguir uma alta interação. Se você tem tempo limitado, pode abrir mão dela, mas se decidir trabalhar nele, compartilhe artigos do seu blog ou notícias do setor, atualidades, economia e portais imobiliários.

Se você se posicionar como um perfil que compartilha conteúdo próprio e de terceiros de valor, o seu nível de engajamento aumentará nessa rede social.

Google Meu Negócio para imobiliárias

Você tem que trabalhar essa rede social para o seu posicionamento local imediatamente, se já não estiver fazendo isso.

Se usar o Google Meu Negócio corretamente, ele o posicionará como uma empresa local em sua área. Para fazer isso, peça aos seus clientes que avaliem, responda às mensagens de clientes em potencial, faça upload de fotos e crie ofertas atraentes.

Além disso, poderá saber quando os clientes se conectam com a sua empresa e como eles interagem com o perfil da sua empresa, obtendo informações valiosas.

WhatsApp para imobiliárias

Muitos clientes preferem que informações e qualquer comunicação chegue a eles por meio do WhatsApp. O seu CRM ou programa de gestão imobiliária deve incluir essa opção para trabalhar com seus clientes.

Se você tem o Whatsapp Business, pode marcar seus clientes e enviar campanhas que realmente lhes interessem. Pode enviar novos imóveis para clientes que estão procurando em uma determinada zona, enviar vídeos informativos com dicas ao comprar ou vender uma casa, etc.

O mais importante é fazer uma boa segmentação, pois não se trata de enviar muitas mensagens ou que tudo chegue a todos os clientes, mas sim que chegue a informação que realmente lhes interessa.

E-mail marketing para imobiliárias

O e-mail é uma das ferramentas de vendas mais poderosas que temos no marketing imobiliário, mas acho que não estamos aproveitando ao máximo.

Fazer mailing de casas ou cruzar propriedades e enviá-las não é marketing por e-mail. Crie uma sequência de e-mails onde você agrega valor ao seu cliente e coloque em prática tudo o que vimos sobre marketing de conteúdo.

As pessoas gostam de ler histórias, então vá além e faça um exercício de “abundância narrativa” e conte ao seu público a história daquela casa, pense em um título que atraia, que convide à leitura, que desperte a curiosidade. E depois continue com a enigmática história daquele imóvel único que você vende no centro da sua cidade e que todos querem conhecer.

Você também pode compartilhar parte do conteúdo que você gera em suas ações de marketing: um extrato dos artigos do seu blog imobiliário, seus vídeos pílulas, seu podcast, seus ebooks, etc.

Aproveite esses e-mails para pedir recomendações aos seus clientes e tenho certeza de que você receberá uma resposta.

Marketing de influenciadores para empresas imobiliárias

Sim, o marketing de influenciadores também atinge empresas imobiliárias, e quero mostrar a campanha da Quinto Andar, onde promovem não apenas a empresa e seus benefícios, mas também um estilo de vida, o de viver no bairro Glória, em Belo Horizonte.

Apresentado por Aline Calixto, cantora, compositora e moradora de Belo Horizonte. Juntos a Quinto Andar e Aline mostram todas as vantagens e atrações de morar na Glória.

marketing-influenciador-quinto-andar

Depois de todas essas dicas, lembre-se de que, para funcionar, você deve se cercar de profissionais, tanto dentro quanto fora da sua empresa.

Você deve ter pessoas em sua equipe que tenham habilidades digitais e queiram trabalhar em todos os aspectos que vimos.

Não se esqueça de promover que seus corretores trabalhem em sua marca pessoal e em suas próprias redes sociais sob a asa protetora da empresa. Dessa forma, você poderá trabalhar muito bem a sua marca empregadora, e isso diz muito sobre sua empresa.

E agora que chegamos ao final deste artigo, eu adoraria saber quais estratégias de marketing imobiliário você tem usado. Conhecia todas essas ações? Quais você vai colocar em prática? Usa alguma que eu não mencionei? Conte na seção de comentários!

CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 21 de junho de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

FAQs sobre marketing imobiliário

  • O que é o marketing imobiliário?

    O marketing imobiliário é o conjunto de ações e estratégias publicitárias ou comerciais que são executadas em produtos e serviços imobiliários.

  • Como fazer o marketing imobiliário?

    Para fazer o marketing imobiliário é preciso combinar diferentes estratégias e ações de marketing ou eleger a que melhor represente e alcance seus objetivos. Dentre as estratégias temos:

    • Ações de marketing offiline
    • Marketing de conteúdo para imóveis
    • Criação de um blog imobiliário
    • Materiais, ebooks e guias gratuitos
    • Copywriting
    • Tutoriais, vídeos promocionais e podcasts
    • Redes sociais
    • Marketing de influenciadores
  • Como prospectar clientes no mercado imobiliário?

    A prospecção de clientes pode ser feita com ações offline e online. Combinando essas ações como estratégias de Marketing inbound ou Criar zona, podem criar diferentes frentes de geração de leads e clientes.

Outros artigos que podem te interessar...

Como usar o Pinterest para a sua empresa: guia completo
O que é Marketing Outbound? Exemplos, vantagens e diferenças do Inbound
O que é plano estratégico de marketing e como fazer?

O que você acha? Deixe um comentário!