<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

Calendário de conteúdos para o seu blog: o que é e como criar

Nueva llamada a la acción

Se você deseja lançar uma estratégia de conteúdo ou iniciar um projeto de inbound marketing, o ponto de partida é a criação de um blog. Mas não basta dar este passo, pois o grande desafio está na sua constante atualização e, portanto, um bom calendário de conteúdos.

O blog permite trabalhar conteúdos relacionados ao setor da empresa para posicioná-la nos buscadores, como Google e Yahoo. Os posts, infográficos, e-books ou quizz que forem publicados servem para educar e fornecer informações valiosas ao público.

Porém, é necessário ter um trabalho prévio de planejamento, que traz alguns desafios próprios. Isso inclui saber o que será escrito, ter o conteúdo pronto no prazo e garantir que os tópicos que já foram abordados não sejam duplicados. Existe uma maneira de superar todas essas adversidades: o calendário de conteúdo, que ajuda a manter o conteúdo do seu blog atualizado.

Você quer saber o que e quando publicar? Precisa ter certeza de que o conteúdo estará disponível para seu público no momento certo? Gostaria de evitar a duplicação do tema dos seus posts? Se sim, continue a leitura!

O que é um calendário de conteúdos?

O calendário de conteúdos é uma ferramenta que aprimora a organização necessária para a criação e publicação de conteúdo em um blog. Não só facilita a programação das postagens, mas também simplifica o planejamento que envolve todas as informações necessárias para o conteúdo ir ao ar.

Em uma estratégia de marketing de conteúdo, esse calendário é essencial. E não serve apenas para o blog, pois pode ser usado para qualquer plataforma em que geramos conteúdo, como as redes sociais. A ferramenta permite entender o uso de cada canal e descobrir quanto tempo é gasto neles.

Neste artigo, revisaremos a importância do calendário de conteúdos para um blog e daremos algumas dicas valiosas.

11 razões porque é importante criar um calendário de conteúdos para o blog

Como vimos, um calendário de conteúdos para o blog é essencial para qualquer profissional de criação. Mesmo se você fizer isso para fins pessoais, é recomendável ter um.

A seguir, veremos os principais motivos pelos quais ter um calendário de conteúdo é realmente importante.

CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

1. Otimização de tempo

Estratégias de conteúdo envolvem a criação de muitos artigos e desenvolvimento de novas ideias, o que não é uma tarefa fácil. Sem um bom planejamento, a pressão do tempo pode afetar sua capacidade criativa. Ou seja: corre-se o risco de “dar branco”.

Trabalhar no calendário de conteúdos permite que você concentre seu tempo e esforço na escrita, pois as tarefas anteriores já foram realizadas. Isso inclui pensar, organizar o conteúdo e buscar palavras-chave.

2. Otimização de recursos

Quando você tem o suporte de um calendário de conteúdos, você pode alocar seus recursos para otimizar seus artigos no intuito de melhorar seu posicionamento, além de outras tarefas que agregam mais valor. Tal prática vale tanto para on-page, quanto para off-page.

3. Organização de conteúdo

O calendário de conteúdos também funciona como uma agenda, pois permite que você tenha todo o seu conteúdo organizado e saiba quando é hora de publicar cada um deles.

Esta ferramenta ajuda você a garantir um fluxo constante de publicação.

4. Aumento de produtividade

Graças ao uso de calendários, a produtividade pode crescer. Afinal, ser mais organizado permite realizar suas tarefas com mais eficiência.

5. Maior visibilidade e controle

A criação de um calendário permite ampla visibilidade do conteúdo a ser publicado, com base em uma tabela concisa e de fácil interpretação. Ela registra quais conteúdos devem aparecer no blog no curto prazo, mas também pode ser usada para registrar ideias ao longo prazo.

Essa ferramenta também leva em consideração o planejamento de conteúdos específicos para datas importantes. Isso é uma vantagem quando se trata de ser mais flexível em relação a conteúdos atuais, bem como se adaptar às mudanças, sem que isso afete sua previsão.

Basicamente, é muito mais fácil reorganizar a programação em casos de imprevistos do que criar novos conteúdos quando um post não pode ser publicado.

6. Coordenação com outras pessoas envolvidas

O calendário de conteúdos também funciona como elemento integrador. Ele permite que todas as pessoas envolvidas na geração de conteúdo saibam quando é sua vez de publicar e sobre qual tema. Já o gestor tem uma ferramenta muito mais fácil para gerenciar os artigos e acompanhar as entregas.

7. Atingimento metas

Se você está trabalhando em uma estratégia de marketing de conteúdo, certamente tem alguns objetivos a alcançar. Por exemplo, número de visitas ou posicionamento de palavras-chave. Graças ao calendário de conteúdo, os objetivos não saem de vista e o gestor garante que o conteúdo publicado esteja alinhado com a tática combinada.

8. Desenvolvimento de uma estratégia a longo prazo

O simples fato de preparar um calendário de conteúdo já indica o uso de uma estratégia. Contar com o seu apoio facilita a implementação das diferentes técnicas escolhidas, fomentando a perseverança necessária para obter os resultados esperados.

9. Maior valor agregado ao seu público

Você já escolheu temas para o seu conteúdo? Tem as palavras-chave que serão usadas? O calendário de conteúdos garante a cobertura dos temas interessantes para o seu público-alvo. Assim, você sabe o que deve ser direcionado para oferecer conteúdo relevante.

10. Maximização de novas ideias

O calendário de conteúdo permite expandir a oferta de formatos publicados no blog. Com bastante antecedência, você pode produzir todo tipo de conteúdo que não conseguiria criar às pressas. Entre eles, webinars, infográficos, e-book e até testes AB.

Além disso, fica mais fácil pensar em novas ideias de conteúdo e evitar a monotonia nas publicações. O uso da ferramenta dá visibilidade aos artigos programados, sabendo o que já está no ar.

11. Ferramenta de relatório

Se você tiver toda a estratégia de conteúdo refletida em seu calendário, terá visibilidade suficiente para saber como as publicações são trabalhadas no dia a dia e relatar os resultados. Também será muito mais fácil redefinir a estratégia e modificar a programação para implementar melhorias.

 

Como criar um calendário de conteúdos para o blog em 9 passos

Como já vimos, o calendário de conteúdos é uma ferramenta para aplicar efetivamente a estratégia de Inbound Marketing. Antes de implementá-lo, é preciso saber como fazer isso. Entre os passos necessários, alguns são comuns ao desenvolvimento de qualquer estratégia. Porém, há outros mais específicos e focados no tema em questão. Veremos:

1. Defina a buyer persona

O primeiro passo é ser claro sobre sua segmentação. Planejar o conteúdo do blog envolve a definição da buyer persona, pois ajudará a definir os temas e como desenvolver o assunto com base nas necessidades do leitor.


Nesse ponto, você deve levar em conta:

  • Quais são os conteúdos mais interessantes e informações a serem incluídas;
  • Quais canais o público usa;
  • Qual será o tom usado na escrita;
  • Qual será o tamanho do texto;
  • Quais serão os tipos de imagens que vão acompanhar o texto.

2. Defina metas

Como no ponto anterior, não há estratégia de marketing de conteúdo sem definir os objetivos a serem alcançados. É essencial saber onde você está e para onde quer ir.

Aumentar as visitas, melhorar o posicionamento de determinadas palavras-chave, conseguir mais assinantes, incrementar as vendas... Esses são apenas alguns exemplos de objetivos. Dependendo do propósito final, o conteúdo do blog será um ou outro.

Definir metas significa decidir a frequência das postagens. Se você quer ganhar posições e visibilidade nos buscadores, é importante publicar de forma recorrente. Na InboundCycle, aconselhamos publicar entre 12 e 20 artigos por mês. Ou seja, entre 3 e 5 artigos por semana, dependendo dos recursos disponíveis.

3. Encontre temas

Depois de decidir seu público-alvo e quais são seus objetivos, é hora de considerar quais tópicos serão abordados. Se os conteúdos já estiverem criados, decida quais serão as categorias de cada um deles.

Uma vez que as divisões estejam claras, você pode distribuí-las pelo calendário de conteúdos para oferecer artigos variados todos os dias. O importante é não ter muitos conjuntos para não ficar amplo demais.

4. Pesquise as palavras-chave

Após a escolha dos temas, vem a busca por palavras-chave. Você precisa saber com quais palavras-chave deseja se posicionar, pois elas guiam o conceito principal do artigo em questão.

Palavras-chave bem escolhidas permitirão que você obtenha o número máximo de visitas de qualidade. Neste artigo do blog, explicamos como pesquisar suas palavras-chave.

5. Organize-se

Tudo está pronto para começar a planejar qual conteúdo será publicado e em quais dias. Não se esqueça de levar em consideração o número de artigos necessários para atingir seu público e quais são as datas importantes do ano.

Além disso, é aconselhável reservar espaço para conteúdos atuais, deixando alguns dias "não planejados" por mês. Nessas horas, ofereça conteúdo que estiver em alta naquele momento. Esses tipos de artigos não servem tanto para trabalhar palavras-chave e posicionamento, mas para lhe dar a oportunidade de discutir novidades do setor. Essa atitude também ajuda na viralização das postagens nas redes.

Lembre-se: não é necessário planejar o conteúdo com um ano de antecedência. Porém, você pode criar um calendário para os próximos 3 a 6 meses, e revisá-lo caso sejam necessárias alterações.

Na InboundCycle usamos uma planilha para capturar toda essa organização e planejamento. Mas também há outras opções e analisaremos algumas ferramentas no fim deste artigo.

6. Proponha títulos e focos dos posts

Depois de finalizar o esqueleto do planejamento, o próximo passo é definir qual será o foco dos artigos. Não se esqueça de propor títulos, que devem ter a palavra-chave, mas esta decisão pode mudar ao final do processo.

7. Escreva o conteúdo e edite-o

Neste ponto, é hora de começar a escrever os artigos. Garanta que você ou a pessoa responsável tenha tempo suficiente para entregar tudo dentro dos prazos estabelecidos.

A redação dos artigos deve estar alinhada com o guia de estilo de redação criado, seguindo aspectos como:

  • Duração média;
  • Tom usado;
  • Tempo verbal
  • Pessoa utilizada;
  • Tipo de imagens que acompanham o texto;
  • Uso de negrito e de bullet-points.

A padronização desses elementos serve para dar consistência ao blog e unificar sua identidade corporativa.

Ao escrever e editar o conteúdo, não se esqueça de ter em mente as orientações de SEO para potencializar o rankeamento dos artigos. As principais são incluir a palavra-chave no título, legendas e alt nas imagens, estruturar bem o conteúdo e facilitar visualmente a leitura com negrito e bullet point.

Nueva llamada a la acción

8. Revise e corrija

Claro, antes de publicar os conteúdos, você deve certificar-se de que eles foram revisados.

Dependendo da frequência de publicação, nem todo o conteúdo é escrito pela mesma pessoa, e sim por colaboradores da equipe. Por isso é importante que haja uma pessoa encarregada de revisá-los e indicar aos redatores a necessidade de alterações antes da publicação final.

9. Selecione colaboradores

Como mencionamos anteriormente, pode haver vários editores envolvidos na preparação dos artigos. Isso acontece por diversos motivos, como alto volume de conteúdo ou porque são necessários especialistas para cuidar de temas mais complexos.

Esse ponto é opcional, por isso é o último passo neste artigo. Porém, dentro do processo, deve acontecer após a organização e planejamento dos conteúdos.

Ou seja, depois de escolher o tema e a palavra-chave, você poderá associar as entregas aos redatores. Entre em contato com cada um para estabelecer os prazos de entrega, lembrando que é preciso ter um espaço útil para a revisão e aplicação das modificações apontadas.

4. O que incluir no calendário de conteúdos: exemplo da InboundCycle

Agora que você já conhece os passos necessários para iniciar um calendário de conteúdos, veremos como colocar em prática no seu blog. A começar pela revisão dos principais elementos:

  • Dia e mês de publicação: você precisa ter uma coluna que inclua o dia e o mês de publicação dos artigos, levando em consideração finais de semana e feriados.
  • Editor: coluna com o responsável por escrever aquele artigo, para que ele possa se organizar de acordo com as entregas pendentes. Se você trabalha com colaboradores externos, é preciso diferenciar o escritor e o nome que vai aparecer no blog, crie duas colunas diferentes.
  • Tipo de postagem: a InboundCycle diferencia o tipo de postagem com base em alguns critérios:
    1. Os posts habituais, cerca de 700 palavras (a maioria).
    2. As postagens mais longas, cerca de 1000 palavras (uma por mês).
    3. Artigos “espontâneos”, que trazem assuntos atuais do setor e não estão vinculados a uma palavra-chave específica.
  • Tema: registra o assunto de cada postagem, para garantir que as temáticas sejam bem distribuídas ao longo do calendário de conteúdos. Se você trabalha com categorias mais gerais e depois com tópicos mais específicos, pode adicionar uma coluna extra para fazer essa diferenciação.
  • Calls to action (CTA): as estratégias de Inbound Marketing ou marketing de conteúdo costumam oferecer a possibilidade de downloads, como ebooks e infográficos. Portanto, é importante indicar qual CTA será adicionado em cada artigo de acordo com o conteúdo oferecido.
  • Palavra-chave: você terá visibilidade de todas as palavras-chave que já foram usadas e quais precisam ser trabalhadas. Desta forma, você pode monitorar seu posicionamento.
  • Título: para facilitar a localização de cada um dos artigos. Verifique se esses títulos não ultrapassam o tamanho máximo indicado para aparecer sem quebras nos mecanismos de busca.
  • Comprimento do artigo: embora já seja indicado com base no "tipo de artigo", é importante definir o comprimento que cada um dos artigos deve ter, ainda que de modo aproximado.
  • URL do documento: é conveniente que o primeiro rascunho do artigo não seja escrito diretamente no Content Management System (CMS), e sim em um documento compartilhado do Google Docs. Assim, fica mais fácil revisar em conjunto e recuperar em caso de erro. Este documento também deve incluir propostas de backlink, de meta descrição, bem como de imagens e recursos a serem incluídos no artigo.
  • Postagem revisada: adicionar uma coluna indicando se aquele artigo já foi revisado e se a versão do documento é a final. Isso permitirá que o gestor saiba se o artigo já pode ir para o CMS.
  • URL do rascunho: após a liberação do artigo, é hora de carregá-lo no CMS. Para facilitar a localização dessa postagem no software, você pode incluir uma coluna que leve diretamente ao link do modo de edição.
  • Postagem otimizada: uma vez que o artigo é carregado no CMS, você precisa terminar de editá-lo, fazer o layout e otimizá-lo. Nesta coluna você saberá se essa etapa já foi concluída e se a publicação pode ser agendada.
  • Postagem agendada: coluna que traz a informação se o artigo já foi agendado e para qual data.
  • URL Definitiva: para finalizar, você também adiciona a URL do post publicado. Dessa forma, você terá à mão sempre que precisar.

Este documento será compartilhado com a equipe e com as diferentes pessoas envolvidas. Logo, deve ser autoexplicativo e os usuários devem atualizar apenas as informações das suas entregas.

Por esta razão, é uma boa prática marcar as diferentes colunas com cores, dependendo da pessoa encarregada de realizar cada uma das fases. Se a mesma pessoa estiver encarregada de todo o processo, não precisa de tantos detalhes.

5. Ferramentas para criar calendários editoriais

Para elaborar el calendario editorial puedes usar diferentes herramientas que te permitirán crearlo desde cero.

Você pode usar diferentes ferramentas disponíveis que ajudam a criar o calendário de conteúdos do zero. Todas as opções são viáveis ​​e a escolha vai variar de acordo com o volume e complexidade do trabalho a ser feito.

Aqui estão algumas opções de ferramentas:

Calendário de conteúdos em planilha

Este é o método mais tradicional, e seguramente o mais fácil e eficaz. É o que usamos aqui na InboundCycle, tanto para o blog quanto para nossos clientes. Os documentos do Excel são perfeitos para criar calendários, pois você pode adicionar quantas colunas quiser e organizar o documento ao seu gosto.

Uma opção semelhante é o Google Spreadsheet, pois são online e podem ser compartilhadas com outras pessoas. Também podem ser editadas ao mesmo tempo e com controle de permissões em cada caso.

Calendário de conteúdos com o Google Agenda

Outra ferramenta é o Google Agenda, que também pode ser compartilhado com outras pessoas. Os responsáveis podem indicar quais conteúdos serão publicados a cada dia.

Calendário de conteúdos com o Trello

O Trello é um software de edição colaborativa muito útil para atribuir tarefas a diferentes pessoas e manter tudo bem organizado.

Com a criação de cards organizados por colunas, o responsável pode classificar e dar visibilidade às diferentes fases da criação de conteúdo. Aliás, é a ferramenta que usamos internamente para gerar o conteúdo do blog da InboundCycle com toda a equipe.

Calendário de conteúdos com templates e plugins online

Existem diversos templates e plugins que você pode baixar e instalar para criar o calendário de conteúdos do blog.

Além disso, os plugins também são uma boa maneira de ter tudo integrado no mesmo CMS, como o Wordpress. Porém, nem todo software tem as mesmas funcionalidades ou é tão flexível quanto esse sistema de hospedagem. Aqui estão alguns links:

Calendário de conteúdos: o segredo para o sucesso do seu blog

Como você viu, o uso de um calendário de conteúdos é essencial para a estratégia de marketing de conteúdo e para o posicionamento de SEO do blog. A implementação desta ferramenta oferece diversas vantagens organizacionais, ao mesmo tempo que permite uma melhoria consistente dos resultados.

Seguindo os passos deste post, vai ser muito mais fácil montar a base deste calendário. Lembre-se de que você pode personalizá-lo de acordo com suas necessidades, incluindo seções que considera essenciais. Mesmo partindo do mesmo template, verá que cada calendário de conteúdo tem muitas possibilidades!

Pronto para experimentar uma maneira mais eficaz de organizar seu conteúdo online em todos os canais? Pronto para multiplicar a atratividade e eficiência do seu blog?

CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 11 de agosto de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

Outros artigos que podem te interessar...

O que é CTR, para que serve e como melhorá-lo
O que é SEO e 15 estratégias para sua campanha de marketing
O que é marketing de guerrilha? Vantagens, tipos e exemplos

O que você acha? Deixe um comentário!