<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

O que é Adsense: como funciona e exemplos

É possível ganhar dinheiro online e gerar renda extra com a criação de conteúdo? A resposta é sim, e qualquer pessoa pode conseguir sabendo o que é Adsense, a plataforma de publicidade do Google que paga aos seus utilizadores em troca da exibição de publicidade nos seus conteúdos.

Os amantes de marketing, SEO e YouTube, assim como os influenciadores, sonham em transformar seu hobby em um estilo de vida. Saiba como fazer isso usando o Google AdSense e como se cadastrar para monetizar seu conteúdo.

O que é AdSense e para que serve?

Muitos se perguntam o que é Adsense e a resposta é simples: é uma plataforma gratuita do Google que permite monetizar conteúdo online exibindo anúncios publicitários. Ela foi lançada em 2003 e, desde então, centenas de milhares de pessoas e criadores de conteúdo ganham dinheiro online através de suas ferramentas – muitos inclusive têm nessa plataforma a sua principal fonte de rendimento.

O Google AdSense permite inserir anúncios em diversos canais de conteúdo e o mais utilizado são os sites. Boa parte deles inserem anúncios para ganhar dinheiro, seja através dos cliques feitos por usuários ou pelas impressões alcançadas. Nessas horas, SEO e tráfego orgânico são essenciais para gerar renda. 

Esta imagem é um print screen da página inicial da plataforma do Google AdSense.

Fonte: Google Adsense

Esta plataforma de publicidade também está disponível para outros canais de conteúdo, como YouTube ou aplicações móveis (embora o seu nome mude para Google AdMob). A receita de publicidade é a principal fonte de renda dos YouTubers mais bem-sucedidos, pois cada vez que um de seus seguidores assiste aos seus vídeos, o Google mostra anúncios que geram ainda mais renda. 

O que é Adsense e qual é sua diferença para o Google Ads

Alguns usuários tendem a confundir as duas plataformas do Google relacionadas à publicidade, mas é importante saber o que é Adsense e o que é Google Ads.

Por um lado, o Google Ads é a plataforma que as empresas utilizam para anunciar através do motor de busca Google. É Search Engine Marketing (SEM), ou marketing para os mecanismos de busca. Os anunciantes pagam para aumentar a visibilidade de seus negócios e vender seus produtos/serviços.

Por outro lado, o Google Adsense é voltado para proprietários que desejam exibir anúncios e ganhar dinheiro em seus sites ou canais no YouTube. Como você já deve ter adivinhado, a receita é obtida justamente pelo pagamento que as empresas fazem ao anunciar no Google Ads. 

Você gosta do que está lendo? Inscreva-se para receber os novos posts e notícias de marketing e vendas no seu e-mail

Como funciona o Google AdSense

O funcionamento do Google AdSense é dividido em quatro partes: 

  • Anunciantes: utilizam o Google Ads para anunciar, aumentar sua visibilidade online e obter receitas com os serviços ou produtos oferecidos. Eles podem selecionar onde desejam aparecer e segmentar seus anúncios por público.
  • Google: atua como intermediário entre anunciantes e proprietários de sites/criadores de conteúdo. Oferece um ecossistema completo que permite que todas as partes cumpram seus objetivos.
  • Criadores de conteúdo: utilizam o Google AdSense para monetizar seu conteúdo online, selecionando os temas mais adequados e a quantidade de anúncios que desejam exibir.
  • Usuários: podem consumir o conteúdo gerado gratuitamente em troca da visualização de anúncios. Os anúncios que veem estão relacionados com os seus interesses, pelo que normalmente também são úteis para satisfazer as suas necessidades. 

Esse é um sistema muito bem pensado em que todas as suas partes são beneficiadas, de uma forma ou outra. O Google também tem uma série de vantagens, entre as quais se destacam entre 32% e 51% do faturamento em forma de comissão. Atualmente, este ecossistema representa 90% da receita anual da empresa.

Vantagens do Google AdSense

  • É grátis: o Google AdSense é uma plataforma gratuita para criadores de conteúdo, basta se inscrever com uma conta Google.
  • É simples: inserir anúncios é bastante simples e é possível até mesmo ativar a opção de exibir anúncios automaticamente.
  • É fácil de gerenciar: você não precisa conversar com anunciantes nem encontrar patrocinadores. O Google se encarrega de gerenciar a parte complicada por meio de um sistema de leilão, onde os anunciantes dão lances para aparecer nos melhores espaços.
  • Personalizável: os criadores de conteúdo podem selecionar quais tipos ou categorias de anúncios desejam exibir, ao mesmo tempo que podem bloquear temas e anunciantes.
  • Possui vários formatos: oferece uma grande variedade de formatos que se adaptam perfeitamente ao estilo visual do conteúdo.
  • Seu pagamento é mensal: o AdSense paga sempre no dia 25 de cada mês por transferência bancária (mas é preciso atingir uma cota mínima de ganhos, que varia de acordo com a moeda. Clique aqui para ver a lista completa).
  • Você pode ganhar muito dinheiro: com esforço, dedicação e perseverança é possível ganhar muito dinheiro utilizando a plataforma. 

Desvantagens do Google AdSense

  • Experiência do usuário: a maioria dos usuários considera os anúncios irritantes. Isso pode piorar a experiência do usuário e, portanto, afetar negativamente o seu tráfego.
  • Velocidade de carregamento: inevitavelmente, o AdSense aumenta o tempo de carregamento de um site, e otimizá-lo para carregar mais rápido não é tão simples.
  • Cookies: o AdSense coleta informações de seus usuários por meio de cookies. Para exibir publicidade é necessário incluir um aviso de consentimento, algo que incomoda os usuários.
  • Alta concorrência: A concorrência em todos os setores é muito alta, portanto, é difícil obter altos rendimentos por meio de SEO.
  • Resultados de longo prazo: posicionar-se no Google ou no YouTube é um trabalho de consistência e regularidade de longo prazo. Não é possível gerar renda instantânea.
  • Aceitação: Inscrever-se no Google AdSense é simples, mas para começar a monetizar seu conteúdo você deve atender a requisitos rígidos.
    • Web: incorporar novos sites ao AdSense é cada vez mais complicado. Não existem métricas exatas, mas é preciso ter um site profissional, com bom volume de tráfego, seguro, rápido, adaptável, que ofereça uma boa experiência ao usuário e, acima de tudo, que contenha muito conteúdo original e de alta qualidade. 
    • YouTube: aqui os requisitos são bem mais claros. Canais elegíveis a monetização devem ter pelo menos 1.000 inscritos, 4.000 horas de visualização acumuladas no último ano ou 10 milhões de visualizações em Shorts.
  • Regras rígidas: você deve aderir a uma série de políticas e regras muito rígidas. Se você não cumpri-los, sua conta do AdSense poderá ser encerrada para sempre.
  • Temas: existem alguns temas que não são aceitos pelo AdSense, como abuso de propriedade intelectual, conteúdo de perigo ou depreciativo.
  • Tráfego: Em geral, você precisa ter um grande volume de tráfego para obter receitas significativas. Caso contrário, é difícil ganhar mais do que alguns centavos por dia – embora isso também dependa do setor. 

O que é Adsense e como usar?

Agora que você sabe o que é AdSense, como funciona ou quais são suas vantagens e desvantagens, pode ser que você queira tentar ganhar dinheiro monetizando seu conteúdo online. Saiba como fazer isso: 

Inscreva-se no Google AdSense

O primeiro passo é entrar no site do Google AdSense e se cadastrar clicando no botão “Iniciar”. Se você já possui uma conta do Google, pode usá-la, senão terá que criar uma. Preencha as informações do formulário e aceite as políticas do programa.

Depois do login, preencha os dados restantes e insira o número da sua conta bancária. Se você for novo, talvez seja necessário confirmar sua identidade e endereço usando um PIN enviado pelo Google correio, o que pode levar algumas semanas. 

Monetize seu site com o Google AdSense

Depois de concluir a parte burocrática, é hora de começar a monetizar seu site com o AdSense. Para isso, você deve registrar seu domínio na plataforma em “Sites > Novo site ”. Depois disso, o Google começa um processo de validação, ou seja: vão conferir se o seu site atende os requisitos necessários. Duas coisas podem acontecer: 

  • Seu site atende aos requisitos: você receberá um código HTML que deverá incluir entre as tags <head></head> do seu site de forma manual ou através de um plugin no seu CMS. Depois, você vai receber um e-mail confirmando a verificação do seu site e pronto! Já pode ativar anúncios automáticos ou inserir blocos de anúncios manualmente. 
  • Seu site não atende aos requisitos: se o seu site estiver fora dos requisitos do Google, a plataforma vai enviar uma notificação com dicas de como melhorar o seu site. Depois de colocar tudo em prática, é preciso reiniciar o processo de análise.

Monetize seu canal no YouTube com o Google Adsense

O processo é um pouco mais simples para quem quer monetizar no YouTube. Basta entrar no seu canal, acessar a seção de monetização e verificar se você atende aos requisitos mencionados

Após aceitar as políticas do programa, basta escolher que tipo de anúncio deseja exibir em seus vídeos. Você pode configurar o tipo, categoria ou quantidade, tanto geral quanto individualmente. 

Como ganhar dinheiro com o Google AdSense?

Não basta saber o que é Adsense, pois o objetivo final é a monetização. Porém, saiba que ganhar dinheiro com o AdSense não é fácil. Os nichos de sites estão supersaturados e a competição é brutal, seja no YouTube ou nos blogs. 

Esta imagem é um print screen da página de ganhos na plataforma do Google AdSense.

Fonte: Google Adsense

Isso significa que é impossível? Não, só que é preciso trabalhar muito para atingir um nível de renda estável. Se você está disposto a lutar por isso, confira essas dicas úteis:

  • Conteúdo relevante: estude muito bem o seu público-alvo e ofereça-lhe conteúdo original, de alta qualidade e que não viole as políticas do programa.
  • Aparência profissional: seu site ou canal no YouTube deve ter uma aparência profissional. É preciso criar uma marca e fidelizar seu público para que ele volte e o recomende para outras pessoas Você também deve oferecer uma experiência de usuário ideal.
  • Tráfego orgânico: o tráfego orgânico, ou seja, aquele que vem diretamente dos buscadores, é o mais importante na hora de ganhar dinheiro com AdSense. Você não deve apenas ter um bom volume de tráfego, mas também segmentá-lo.
  • Palavras-chave: para cumprir o ponto anterior, é necessário dominar as palavras-chave. Você deve se posicionar para termos de busca que te tragam tráfego qualificado e que ofereçam um bom Custo Por Clique (CPC).
  • Não trapaceie: do contrário, corre o risco de ser expulso da plataforma. Logo, siga as práticas recomendadas pelo Google. E não compre tráfego, não clique nos seus próprios anúncios e não tente manipular os cliques dos seus usuários.
  • Otimize seu site: seu site deve ser otimizado para SEO, oferecer excelente velocidade de carregamento, adaptar-se a dispositivos móveis e utilizar imagens de qualidade. Otimizar os tipos de anúncios e sua posição no seu site também pode aumentar a receita.
  • Link building: aumentar a autoridade do seu domínio ou canal no YouTube da forma mais natural possível também é uma boa forma de melhorar seu posicionamento orgânico, aumentar o tráfego e, consequentemente, gerar mais receita.
  • Permanência: seja no seu site ou no seu canal do YouTube, seu objetivo deve ser que seus visitantes permaneçam o maior tempo possível. Isso aumenta  sua receita e mostra ao Google que seu conteúdo é valioso e útil. 
Nova call to action

O Google AdSense oferece diferentes tipos de anúncios que donos de sites ou criadores de conteúdo podem escolher. Tal decisão influencia significativamente o rendimento obtido, pois envolve oferecer a melhor experiência para o usuário.

Alguns dos tipos mais populares são: 

  • Formatos de anúncios para sites
    • Retângulo médio: 40% dos anunciantes escolhem esse tipo de anúncio porque ele se integra perfeitamente em dispositivos móveis e computadores.
    • Leaderboard: anúncio retangular e alongado, ideal para cabeçalhos, logo antes do conteúdo.
    • Arranha-céu largo: formato vertical que geralmente fica localizado na barra lateral de um site e, embora ocupe grande parte da tela, não interfere no conteúdo.
    • In-Feed: é um formato de anúncio que se adapta automaticamente ao tamanho da tela do usuário. Ótima opção para iniciantes.
    • In-Article: também se adapta automaticamente ao conteúdo de sites, mas é especialmente projetado para se integrar perfeitamente aos artigos do blog
  • Formatos de anúncio do YouTube
    • Display: banners que aparecem fora do espaço do vídeo, especificamente no lado direito.
    • Overlay: display que aparece na parte inferior, acima do vídeo e em formato retangular.
    • Cartões: espaço muito usado para recomendar outros vídeos do canal, mas também serve para exibir anúncios.
    • Vídeos puláveis: são anúncios que podem aparecer no início, durante ou depois do vídeo. O usuário pode ignorá-los após alguns segundos. 

Tipos de anúncios que você deve evitar

Embora seja possível gerar muita receita com determinados tipos de anúncios, nem todos são recomendados em termos de usabilidade. É importante manter um equilíbrio entre rendimento e usabilidade, evitando esses tipos de anúncio: 

  • Pop-ups
  • Reprodução automática e com om
  • Anúncios grandes, imóveis ou obscuros
  • Anúncios em tela cheia que bloqueiam conteúdo.
  • Anúncios com animações em flash ou que cubram parte do conteúdo.

Quanto é possível ganhar com o Google AdSense?

Se você está se perguntando quanto ganha com o Google AdSense, a resposta é: depende de acordo com tema/nicho e volume de tráfego.

Existem setores onde mesmo tendo muito tráfego o rendimento é baixo – ao mesmo tempo, é possível ganhar muito dinheiro mesmo com pouco tráfego em outros mercados.

Porém, para entender o que é Adsense e como ganhar dinheiro na plataforma, é importante conhecer dois conceitos-chave: Custo por Clique (CPC) e Custo por Mil Impressões (CPM).

Métricas relevantes: Custo por clique e Custo por mil impressões

O Custo Por Clique é uma métrica muito relevante para saber quanto de receita pode-se obter no AdSense e refere-se a cada vez que um usuário clica no anúncio. Esse custo é assumido pelo anunciante e, desse total, o criador de conteúdo costuma receber 68% do pagamento efetuado. Logo, o CPC é a métrica que oferece mais receita.

Os anunciantes podem publicar seus anúncios escolhendo para quais palavras-chave desejam aparecer. Cada uma dessas palavras-chave tem um CPC médio associado, embora isso possa variar dependendo da concorrência. De modo geral, o valor pode variar de apenas alguns centavos a até R$ 50 por um único clique. Quanto mais cliques acumularmos ao longo do mês, mais receitas serão geradas.

Por outro lado, Custo por Mil Impressões são os pagamentos que os anunciantes fazem cada vez que seus anúncios são exibidos 1.000 vezes

Exemplos de estratégias com Google AdSense

Desde o seu lançamento, o Google AdSense acumulou milhões de usuários interessados ​​em monetizar seu conteúdo através desta plataforma. A popularização foi tanta que deu início a uma nova profissão chamada "nicheiro": pessoas dedicadas a criar conteúdo em torno de um nicho de mercado com o objetivo de ganhar dinheiro com o AdSense.

Embora todos os nichos de mercado estejam saturados e concorridos, ainda é possível ganhar dinheiro com AdSense gerando conteúdo de alta qualidade e com estratégia de longo prazo. Uma das maiores dicas é encontrar nichos com baixa concorrência ou até mesmo micro nichos com alto CPC, como esses exemplos reais:  

unCOMO

unComo é um site criado em 2012 que oferece artigos relacionados à saúde, esportes, estilo de vida, alimentação, natureza e outros. Os seus conteúdos são escritos por profissionais de cada área e respondem muito bem às intenções de pesquisa dos utilizadores.

É um blog com muita informação de qualidade que monetiza seus artigos com o AdSense. Embora não tenhamos dados exatos, o seu volume de tráfego orgânico é muito elevado e o seu posicionamento SEO é muito bom em mercados muito competitivos. Portanto, eles certamente estão ganhando muito dinheiro com essa plataforma.

Xataka

Outro exemplo de como ganhar dinheiro com o AdSense é o Xataka, o principal portal de tecnologia da Espanha. Seu conteúdo é da mais alta qualidade e oferece tanto assuntos atuais e artigos de opinião quanto comparações, análises ou recomendações. Além disso, também vêm ampliando seu número de blogs para outros temas, como videogames, tecnologia, receitas, decoração, esportes, filmes e séries, etc.

Como sua rede de blogs é extensa, faz sentido monetizar o conteúdo com o AdSense e outras opções. É um império enorme com um enorme volume de tráfego diário, então sua receita do também deve ser. 

Body Hub

Body Hub é um pequeno canal do YouTube em inglês que tem pouco mais de 1 milhão de assinantes. Seus vídeos focam em aconselhamento nutricional e esportivo, um nicho altamente competitivo. É um exemplo claro de como é possível fazer conteúdo em formato de vídeo e focado em um nicho com o objetivo de obter renda. 

IMAGEM

Ao levar em conta seu número de inscritos e suas milhares de visualizações (alguns vídeos chegam a 500 mil), é possível afirmar que sua renda com AdSense é mais do que interessante. Além disso, o mercado anglo-saxónico oferece um CPC e CPM muito mais elevados do que o mercado brasileiro. 

Esta imagem é um print screen do perfil da Body Hub no You Tube.

5 alternativas ao Google AdSense

O Google AdSense não é a única forma de ganhar dinheiro e monetizar o conteúdo. Existem muitas outras plataformas que oferecem opções semelhantes para ter uma pequena renda ou até mesmo um ganho recorrente.

Confira 5 alternativas ao Google Adsense: 
 

  1. Media.net: é a principal alternativa ao AdSense. É operado pelo Bing e Yahoo e oferece diferentes formatos de anúncios para sites para desktop e dispositivos móveis. O pagamento mínimo é de $ 100 e também possui alguns requisitos para ser aceito. 
  2. Propeller Ads: oferece muitas oportunidades de ganhar dinheiro com blogs. Seu principal método de publicidade é por meio de pop-ups e seu pagamento mínimo é de apenas US$ 5.
  3. Ezoic: é uma plataforma associada ao Google que permite rentabilizar o seu conteúdo web de forma simples, usando IA para escolher os melhores anúncios para o seu site. O pagamento mínimo é de US$ 20.
  4. Afiliados da Amazon: alternativa da Amazon em que o criador de conteúdo se inscreve para recomendar produtos de seu mercado e obter lucros sempre que alguém comprar em seus links. O pagamento mínimo é de R$ 30. 
  5. Adversal: outra plataforma de publicidade que permite incluir anúncios em seu site, com pagamento mínimo de $ 100. Ela oferece uma ampla variedade de formatos de anúncio, fácil configuração e pouca exigência nos requisitos mínimos. 

Embora existam muitas alternativas, não há dúvida de que o Google AdSense reina quando se trata de ganhar dinheiro online. Embora não seja fácil obter um rendimento elevado, não é impossível.

Com esforço e sacrifício qualquer um pode saber o que é Adsense e extrair o melhor dessa plataforma. Se você tiver alguma dúvida, não hesite em nos deixar um comentário.

Nova call to action

Publicado em 20 de Dezembro 2023.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil

FAQ sobre Google Adsense

  • O que é AdSense é como funciona?

    É uma plataforma gratuita do Google que permite monetizar conteúdo online exibindo anúncios publicitários. Ela é voltada para proprietários que desejam exibir anúncios e ganhar dinheiro em seus sites ou canais no YouTube. 
  • O que é o AdSense no YouTube?

    Esta plataforma de publicidade também está disponível para outros canais de conteúdo, como YouTube ou aplicações móveis (embora o seu nome mude para Google AdMob). A receita de publicidade é a principal fonte de renda dos YouTubers mais bem-sucedidos, pois cada vez que um de seus seguidores assiste aos seus vídeos, o Google mostra anúncios que geram ainda mais renda. 

  • Quanto se ganha com AdSense?

    Depende de acordo com tema/nicho e volume de tráfego. Existem setores onde mesmo tendo muito tráfego o rendimento é baixo – ao mesmo tempo, é possível ganhar muito dinheiro mesmo com pouco tráfego em outros mercados.
Ver más

Outros posts que podem te interessar...

Publicidade online Campanha Facebook Ads: o que é e como montar passo a passo
Por Ainhoa Tudurí en
Publicidade online O que é CAC: como medir e usar este indicador no inbound marketing?
Por Alba Ortiz en
Publicidade online O que é bloqueador de anúncios ou Adblockers e como eles funcionam?
Por Susana Meijomil en
Publicidade online Google Ad Grants para ONGs: o que é e como utilizar (com exemplos)
Por Irene Vila en

O que você acha? Deixe um comentário!