<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

Como usar o LinkedIn para divulgar conteúdo?

Com mais de 850 milhões de usuários ativos mensais de 200 países diferentes que compartilham a cada semana mais de 100 mil artigos, e um potencial de crescimento extraordinário , é imprescindível saber como usar o LinkedIn. Neste post, daremos dicas valiosas para divulgar o conteúdo de sua empresa.

✏️   ÍNDICE DE CONTENIDOS:

- Pasos a seguir para compartir contenido
Cómo difundir contenido en LinkedIn
Conclusiones
- Guía gratis: Linkedin para empresas

Como você pode imaginar, o LinkedIn se tornou um canal digital poderosíssimo para dar visibilidade a empresas, e suas vantagens são inúmeras e muito significativas:

  • Aumenta a visibilidade da marca, empresa ou negócio.
  • Reforça a imagem e o posicionamento da marca.
  • Ajuda a encontrar os profissionais para suas vagas.
  • É uma ferramenta altamente eficaz para ampliar sua rede profissional (networking) com membros de qualidade, encontrando potenciais parceiros, investidores e fornecedores.
  • Permite a comunicação efetiva de todo tipo de informação e conteúdos relacionados com sua empresa: informações corporativas, organização de eventos, realizações alcançadas, estudos conduzidos, etc.
  • Ajuda a melhorar o posicionamento orgânico (SEO) do site e blog da sua empresa, bem como dos seus artigos, e-books e todo tipo de conteúdo digital.

Como podemos aproveitar as vantagens do LinkedIn?

Um dos segredos para usar o potencial máximo do LinkedIn é compartilhar conteúdo de qualidade para gerar engajamento com sua comunidade e, dessa forma, poder iniciar conversas com profissionais de seu interesse e, assim, gerar oportunidades por meio dessas conexões.

Outros fatores que você deve levar em consideração para tirar o máximo proveito dessa rede profissional são:

  • Focar-se em conexões relevantes para alcançar oportunidades de negócios e outros objetivos, em vez de buscar um número grande de contatos .
  • Definir com o máximo de detalhes possíveis uma estratégia para impactar os contatos que lhe interessam com conteúdo valioso.

Nueva llamada a la acciónPasso a passo para compartilhar conteúdo

Antes de começar a elaborar seu conteúdo no LinkedIn, recomendamos seguir este roteiro de três passos:

  1. Primeiro passo: definir uma estratégia e um plano de mídias sociais onde estejam claramente estabelecidos o tipo de conteúdo e a frequência de publicação. Outro aspecto crucial é responder à pergunta: quais objetivos você quer alcançar com seus conteúdos? É possível que sua principal meta seja captar contatos ou leads, promover seu negócio ou atrair talentos para sua equipe. Em função desses objetivos, você vai criar conteúdo do zero ou selecionar e adaptar os que já tiver à disposição. Veja também este artigo para aprender a criar um calendário de conteúdo.
  2. Segundo passo: definir um público-alvo, definir o perfil que você precisa atingir para alcançar seus objetivos. Pode ser um perfil específico de usuário ou cliente potencial (B2C), mas também é possível que você tenha interesse em focar seu conteúdo em outras empresas (B2B) para promover uma linha específica ou parte do seu negócio.
  3. Terceiro passo: finalmente, é importante escolher alguns indicadores ou KPIs que permitam analisar e quantificar os resultados que estão sendo obtidos, para verificar se estão ou não alinhados com seus objetivos e poder modificar sua estratégia caso os resultados alcançados não correspondam aos esperados.

Como usar o LinkedIn para divulgar conteúdo

Depois de definir e preparar o conteúdo com base nos objetivos que se pretende atingir, é hora de aprender como usar o LinkedIn para divulgar conteúdo.

Nesse sentido, podemos dizer que você está com sorte, pois a própria rede social inclui três maneiras diferentes de publicar e compartilhar suas publicações:

  1. Atualizações de status. É a forma mais direta de compartilhar conteúdo de qualquer tipo: recursos, oportunidades de emprego, links de interesse, webinars, notícias, posts, pesquisas, estudos, etc. O mais importante é que o conteúdo compartilhado seja de qualidade e de interesse da sua comunidade, sem cair no erro de focar exclusivamente em informações excessivamente corporativas ou autopromocionais da empresa. Por outro lado, você deve incluir um texto marcante e não muito longo, bem como uma imagem para acompanhar sua publicação.
  2. Grupos profissionais. Essa é uma ótima opção do LinkedIn para promover discussões e gerar oportunidades entre profissionais com interesse comum. Esses grupos permitem também a inclusão de conteúdo. Por esse motivo, é altamente recomendável entrar apenas nos grupos que estejam alinhados com seus objetivos e interesses e, se considerar apropriado, criar você mesmo(a) alguns novos.
  3. Recomendações. Essa poderosa e diferenciada funcionalidade do LinkedIn oferece uma oportunidade imbatível de impactar um número maior de usuários e garantir que seu conteúdo chegue a muitos usuários que de outra forma não o veriam, pois não estão entre seus contatos. É por isso que é uma boa ideia incentivar suas conexões do LinkedIn a recomendar suas postagens sempre que puderem.

Além dos canais do próprio LinkedIn, é possível utilizar aplicativos externos, como Hootsuite ou Buffer, para divulgar os conteúdos mais interessantes do seu blog de forma programada e automatizada.

Conclusões

Saber como usar o LinkedIn para a divulgação dos seus conteúdos é indiscutível pelo seu prestígio entre empresas e profissionais, número de usuários e potencial de crescimento. Mas para alcançar sua máxima eficácia e alcançar seus objetivos, você deve definir uma estratégia de criação e divulgação de conteúdo onde a qualidade prevaleça sobre a quantidade, selecionando o público-alvo que lhe interessa e o foco dos conteúdos divulgados em objetivos concretos e mensuráveis.

Outro aspecto importante é a personalização: embora se utilizem ferramentas automáticas de publicação de conteúdo nas redes sociais para agilizar o trabalho, é importante sempre que possível adicionar um certo grau de personalização às suas publicações.

Esperamos que este post tenha ajudado você a compreender mais sobre os conteúdos para o LinkedIn. Se você tiver dúvidas, fique à vontade para entrar em contato conosco diretamente ou através dos comentários. Vamos lá!

Nueva llamada a la acción

Publicado em 25 de agosto de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

FAQ sobre como usar o LinkedIn

  • Que tipo de conteúdo postar no LinkedIn?

    Fatores que você deve considerar para tirar o máximo proveito dessa rede profissional são:

     

    • Focar-se em conexões relevantes para alcançar oportunidades de negócios e outros objetivos, em vez de buscar um número grande de contatos .
    • Definir com o máximo de detalhes possíveis uma estratégia para impactar os contatos que lhe interessam com conteúdo valioso.
  • Como fazer um bom post no LinkedIn?

    Um dos segredos para usar o potencial máximo do LinkedIn é compartilhar conteúdo de qualidade para gerar engajamento com sua comunidade e, dessa forma, poder iniciar conversas com profissionais de seu interesse e, assim, gerar oportunidades por meio dessas conexões. Mas para alcançar sua máxima eficácia e alcançar seus objetivos, você deve definir uma estratégia de criação e divulgação de conteúdo onde a qualidade prevaleça sobre a quantidade, selecionando o público-alvo que lhe interessa e o foco dos conteúdos divulgados em objetivos concretos e mensuráveis.

  • O que se deve postar no LinkedIn?

    Antes de começar a elaborar seu conteúdo no LinkedIn, recomendamos seguir este roteiro de três passos:

     

    1. Primeiro passo: definir uma estratégia e um plano de mídias sociais onde estejam claramente estabelecidos o tipo de conteúdo e a frequência de publicação. Outro aspecto crucial é responder à pergunta: quais objetivos você quer alcançar com seus conteúdos? É possível que sua principal meta seja captar contatos ou leads, promover seu negócio ou atrair talentos para sua equipe. Em função desses objetivos, você vai criar conteúdo do zero ou selecionar e adaptar os que já tiver à disposição. Veja também este artigo para aprender a criar um calendário de conteúdo
    2. Segundo passo: definir um público-alvo, definir o perfil que você precisa atingir para alcançar seus objetivos. Pode ser um perfil específico de usuário ou cliente potencial (B2C), mas também é possível que você tenha interesse em focar seu conteúdo em outras empresas (B2B) para promover uma linha específica ou parte do seu negócio.

    Terceiro passo: finalmente, é importante escolher alguns indicadores ou KPIs que permitam analisar e quantificar os resultados que estão sendo obtidos, para verificar se estão ou não alinhados com seus objetivos e poder modificar sua estratégia caso os resultados alcançados não correspondam aos esperados.

Outros artigos que podem te interessar...

Haters? Saiba como lidar e transformá-los em aliados do seu negócio
Casos de sucesso: veja exemplos de inbound marketing
Copyright: o que é e como usá-lo para proteger o seu site?

O que você acha? Deixe um comentário!