<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=81693&amp;fmt=gif">

O lado sombrio dos grupos de engajamento no Instagram

CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

Muitos usuários consideram os grupos de engajamento no Instagram parte de uma estratégia de “black hat” para aumentar o engajamento e a divulgação de conteúdo, outros pensam que é apenas uma área cinzenta onde tudo é válido. No entanto, quem tem clareza sobre a natureza desse tipo de estratégia é o Facebook e o Instagram.

  • Em 2018, o Facebook removeu vários grupos com milhares de usuários porque promoviam o uso de pods do Instagram.
  • Em 2019, essa mesma rede social suspendeu 35 contas em sua plataforma e 38 no Instagram (todas do Brasil) por demonstrarem comportamento inadequado, semelhante ao dos grupos de engajamento.
  • Da mesma forma, em 2019, o Instagram começou a remover interações (curtidas, reações e comentários) geradas por bots automatizados.

Instagram-pods-engagementFonte: Instagram business blog

O ecossistema do Facebook (incluindo o Instagram) está lutando cada vez mais contra todas essas ações que buscam aumentar as taxas de engajamento e difusão de forma não natural, como as ações dos grupos de engajamento no Instagram e as engagement baits no Facebook.

O que são os “grupos de engajamento no Instagram”, ou “Instagram pods”, e como eles funcionam?

A estratégia dos grupos de engajamento no Instagram consiste em criar grupos de usuários que ajudam uns aos outros para aumentar o nível de engajamento. Como eles fazem isso? Bem, cada usuário se compromete, com seus pares, a interagir em suas postagens. Assim, cada um recebe o apoio de todos os outros ao postar uma imagem.

Em outras palavras, “você me dá um like e eu te dou um like”. Dependendo de cada grupo do Instagram, o tipo de interação que deve ser realizada pode variar entre:

  • Curtidas.
  • Comentários.
  • Repost.
  • Menção a outros usuários nos comentários.
  • “Salvar na coleção”.

Para funcionar, esses grupos de engajamento no Instagram mantêm uma comunicação constante por meio de plataformas como Telegram e WhatsApp. Assim, quando um membro faz um post, ele alerta os outros para interagir com ele.

Qual é o objetivo final desses grupos de engajamento?

No Instagram, quando uma publicação atinge um nível de engajamento acima da média, ela ganha melhor posicionamento no algoritmo, já que o sistema assume que aquele conteúdo é relevante. Portanto, o objetivo das interações do grupo de engajamento no Instagram é enganar o algoritmo da plataforma por meio de ações coordenadas (não orgânicas).

A melhora no posicionamento da postagem, no entanto, não ocorre no feed do Instagram, e sim na aba explorar.

explorar-instagramFonte: Instagram press

Para ter sucesso nesse escalonamento de posição por meio dos grupos de engajamento no Instagram, dois requisitos devem ser atendidos:

  • Os integrantes do grupo de engajamento devem interagir com o conteúdo na primeira hora a partir do momento em que foi publicado (melhor ainda se acontecer nos primeiros 20 minutos).
  • A publicação deve ter um ótimo uso das hashtags, pois isso permite que o algoritmo classifique corretamente o conteúdo e assim possa mostrá-lo a pessoas que possam estar realmente interessadas nele.

Tipos de grupos de engajamento no Instagram

Cada grupo de engajamento varia com base em diferentes parâmetros que estão relacionados aos objetivos dos seus fundadores e participantes. Em muitos casos, esses parâmetros são estabelecidos em uma série de regulamentos internos que permitem uma melhor gestão da organização de cada grupo de engajamento.

Isso significa que existem vários tipos de grupos no Instagram. Entre os principais podemos citar os seguintes:

  • Grupos de acordo com o tipo de interação

No Instagram, você pode interagir com as publicações de diversas formas. Por isso, existem grupos de engajamento que pré-estabelecem quais interações seus membros devem fazer para manter a uniformidade nos esforços de cada um.

Assim, existem grupos cujas interações específicas variam entre:

  • Apenas troca de curtidas.
  • Apenas comentários. Nesses casos, existem grupos em que os comentários devem ter 4 ou mais palavras, sem contar os emoticons.
  • Combinação de curtidas e comentários ao mesmo tempo. Esses tipos de grupos são os mais populares.
  • Menção a outros usuários (de fora do grupo) nos comentários de cada publicação. Isso confere uma maior disseminação, embora possa ser considerado um tipo de spam.
  • Repost da publicação em cada um dos perfis dos participantes do grupo.
  • Grupos de acordo com o círculo social: conhecidos ou estranhos.

Um pod é basicamente uma comunidade. Entendendo isso, vemos que pode haver dois tipos de comunidades de acordo com a relação interpessoal entre os participantes.

De um lado, estão os grupos de engajamento formados por conhecidos próximos: familiares, amigos, colegas de trabalho, colegas de estudo, entre outros.

Do outro lado, existem os pods do Instagram em que seus usuários não se conhecem. Esses são os mais comuns, pois são os que se formam nas redes sociais e mantêm a comunicação por WhatsApp ou Telegram.

Dentro desta última categoria, entram todos os pods mencionados abaixo.

  • Grupos de acordo com o tema: comuns ou diferentes

Como “canal de relacionamento comercial”, um grupo de engajamento só pode aceitar usuários que pertençam à mesma categoria de negócio, profissão ou tema. Aqui se encontram, por exemplo, os pods cujos participantes vendem produtos similares, pods de fotografia, pods de gastronomia, entre outros.

Existem também os grupos sem restrição temática. Não importa ao que se dedica cada participante ou quais sejam seus interesses, todos se apoiam, independentemente do tópico de cada postagem.

  • Grupos de acordo com área geográfica

pesquisa-grupos-de-engajamentoComo o nome indica, existem pods que agrupam usuários de países específicos. Esses grupos de engajamento são mais úteis para empreendedores ou marcas nacionais, que estão interessados ​​apenas em atrair seguidores do seu próprio país.

  • Grupos de acordo com as políticas de acesso: abertos ou fechados

Existem pods do Instagram que podem ser considerados públicos, pois o acesso é aberto a qualquer usuário, que, simplesmente, deve aderir às políticas do grupo.

Também existem pods privados ou fechados, que estabelecem algum tipo de processo de admissão para novos membros. Esse processo pode variar de apenas responder a algumas perguntas até a ter que pagar uma taxa de admissão.

Como surgiu a ideia dos grupos de engajamento no Instagram?

Em 2016, o Instagram anunciou oficialmente uma mudança em seu algoritmo relacionada ao posicionamento das postagens nos feeds. Assim, essa data marca “um antes e um depois” para os criadores de conteúdo.

Como a declaração diz:

“A ordem das fotos e vídeos em seu feed será baseada na probabilidade de você se interessar por esse conteúdo, seu relacionamento com a pessoa que o publica e o momento da postagem”.

O que isso significa e como se relaciona com os grupos de engajamento?

Isso significa que o Instagram começou a priorizar as postagens que são mais relevantes para os usuários, em vez de colocar o conteúdo no feed em ordem cronológica. Em 2022 houve uma nova atualização possibilitando ao usuário ver o feed em ordem cronológica e apenas de contas que segue, porém a página inicial do Instagram ainda mostra as publicações mais relevantes.

O ponto chave disso é que, para medir a “relevância” de uma postagem, o algoritmo analisa as taxas de engajamento de cada foto ou vídeo conforme ele é publicado. Entendendo essa premissa, os grupos de engajamento começaram a surgir como uma associação de pessoas que se apoiam para dizer ao algoritmo:

“Nossas postagens são bem engajadas e, por isso, são interessantes e merecem uma boa classificação”.

Por que essa mudança ocorreu?

Porque o Instagram, como qualquer rede social, quer que os usuários passem mais tempo navegando em sua plataforma. Para isso, deve garantir, a eles, o acesso a conteúdos de qualidade e personalizados de acordo com os seus interesses.

Isso é confirmado por Brian Blau, vice-presidente do Gartner, ao falar ao The New York Times sobre a mudança no algoritmo do Instagram:

“Essas empresas sempre querem oferecer o melhor para seus usuários... Se um algoritmo pode oferecer, com maior frequência, um conteúdo mais atrativo, isso garantirá que você passe mais tempo no aplicativo.”

É justamente por isso que o Instagram modifica constantemente seu algoritmo, para fornecer uma experiência de usuário (UX) cada vez mais poderosa, emocional e fascinante. Por exemplo, em 2018, essa rede social anunciou outra mudança para melhorar o feed em termos de:

  • Atualização automática de novas postagens nos feeds.
  • Nível de prioridade dado às postagens mais recentes.

Levando em consideração todo esse contexto, não importa quantos milhares de seguidores uma pessoa possa ter, se esses seguidores não se envolverem com suas postagens, esse conteúdo não terá relevância para o algoritmo. Daí o surgimento e a popularização dos grupos de engajamento no Instagram.

Por que a estratégia de grupo de engajamento no Instagram se tornou viral?

A resposta curta é que os grupos do Instagram se tornaram virais porque funcionam, embora não da maneira que a maioria das pessoas pensa.

A resposta longa é: desde 2016, com a mudança do algoritmo, um fator chave foi determinado: os níveis de engajamento durante a primeira hora de publicação de um conteúdo são os mais importantes. Especialmente as interações que ocorrem durante os primeiros 20 minutos.

Isso acontece porque, para o Instagram, mostrar publicações atualizadas faz parte da estratégia de priorizar os conteúdos mais relevantes. Já que os usuários querem se manter informados sobre o que está acontecendo no momento.

Porém, entendendo como funciona o algoritmo do Instagram, percebemos que os grupos de engajamento não têm o efeito desejado no feed, apenas na aba Explorar.

Vantagens dos grupos de engajamento

Com base no que foi dito acima, é possível perceber que os pods do Instagram são populares porque se mostraram eficazes para:

  1. Obter uma boa classificação de um conteúdo, seja uma imagem ou um vídeo, na aba Explorar, permitindo que ele impacte um público mais amplo.
  2. Criar a sensação de que o conteúdo é popular. Isso incentiva outros usuários a interagir com ele apenas por ver tantas curtidas e comentários.
  3. “Mostrar” que uma marca está interessada em seus seguidores, respondendo publicamente aos comentários feitos por seus colegas de pod.
  4. Promover conversas orgânicas com a marca, ao criar tópicos de discussão nos comentários feitos por seus colegas de pod.

Por fim, uma das vantagens mais importantes dos pods do Instagram para as marcas é que ele multiplica a eficácia da técnica sandwiching.

O que é a técnica sandwiching e como ela está relacionada aos grupos de engajamento no instagram?

Sandwiching é uma técnica que consiste em publicar conteúdo promocional cronologicamente no meio de dois conteúdos com alto nível de engajamento. Assim, como em um sanduíche, o melhor fica no meio.

Por exemplo:

  • Em uma segunda-feira, a marca publica uma imagem engraçada, o que gera muito engajamento;
  • Na terça-feira, posta um conteúdo promocional, que tem como objetivo produzir vendas;
  • Na quarta-feira, reposta qualquer imagem que gere alto engajamento.

Dessa forma, a mensagem promocional fica no meio de duas publicações muito relevantes para o algoritmo e, sobretudo, relevantes para os usuários.

  • A primeira postagem ajuda a segunda postagem a ter mais alcance, mostrando ao algoritmo que o perfil está criando conteúdo interessante.
  • A terceira publicação serve para afastar, dos usuários, a sensação de que estão seguindo um perfil promocional. Além disso, ela também informa ao algoritmo que a qualidade do conteúdo não diminuiu.

A relação entre o sandwiching e os pods do Instagram é a de que ambos servem para dar suporte às três postagens. Por exemplo, se os colegas do pod “mencionarem” outros usuários nos comentários das postagens 1 e 3, há uma alta probabilidade de que esses outros usuários reajam positivamente a esse conteúdo especial, publicado na postagem 2.

O lado sombrio dos grupos de engajamento

Entretanto, pode-se dizer que os grupos de engajamento ou pods do Instagram estão no lado sombrio da força, pois se trata de uma estratégia com muitas características de black hat que não só busca burlar o algoritmo, mas que também pode trazer suas consequências negativas para os próprios participantes.

Vamos ver, a seguir, por que os pods do Instagram não são recomendados?

  • Facebook e Instagram penalizam ações inautênticas

O Facebook e o Instagram funcionam com algoritmos de machine learning, que são cada vez mais poderosos e impressionantes.

Um exemplo disso é que, na conferência F8, de 2019, o Facebook anunciou que a inteligência artificial do Instagram já pode reconhecer as palavras ofensivas em um comentário antes de ele ser publicado. Ao detectá-las, a plataforma gera uma notificação ao usuário que diz:

“Tem certeza de que você deseja postar isso?”

acao-contra-bullying-no-instagram

Fonte: Instagram press

Assim, o ecossistema do Facebook não está apenas evoluindo para melhorar a diferenciação entre conteúdo relevante e irrelevante, mas está fazendo isso de todas as maneiras possíveis. Dessa forma, altos níveis de engajamento em uma postagem são gatilhos de atenção para o algoritmo, que avalia imediatamente duas situações possíveis:

  • O conteúdo é realmente interessante;
  • O conteúdo está sujeito a interações inautênticas.

Então, antes de aplicar a estratégia de pods do Instagram, você deve se perguntar:

“Estou disposto a arriscar a suspensão da minha conta?”

  • A dedicação que os pods do Instagram exigem é enorme

Suponha que você decida arriscar a suspensão da sua conta e participar de 5 grupos de engajamento, cada um com 20 participantes. Isso significa que, diariamente, você terá que curtir e deixar um comentário em 95 posts.

E se você entrar em 10 grupos? Isso seria 190 posts com os quais você precisa interagir todos os dias.

Essa é uma das principais razões pelas quais muitas pessoas que entram em pods no Instagram, com o passar dos dias, decidem deixá-los.

  • A análise de dados da sua conta é prejudicada

Se você é um profissional de marketing, já sabe que a análise de dados das mídias sociais é essencial para o sucesso. Isso permite que você conheça melhor seu público e detecte os pontos fracos e fortes de suas táticas.

Ao participar dos grupos de engajamento no Instagram e aumentar o nível de engajamento das suas postagens, você está alterando os números reais em sua análise de dados. Dessa forma, você não poderá saber o verdadeiro desempenho de suas publicações ou descobrir como são seus verdadeiros seguidores.

Em suma, sua análise de dados perde a utilidade.

CTA - HubSpot - Post - Small - A — Desktop

  • Muita interação, mas e as vendas…?

Todo tempo e esforço que você dedica para conquistar as interações de seus colegas de pod se transforma em tempo e esforço que você não investe em seu produto ou serviço. Com análises de dados “quebradas” que impossibilitam o desenvolvimento de uma boa estratégia de vendas, você basicamente está fazendo muito, mas não está fazendo nada.

Os números referentes ao engajamento podem ser muito animadores, mas são números irreais que não geram resultados verdadeiros para o seu negócio.

Portanto, a menos que você queira preencher sua conta com seguidores e interações falsas, os grupos do Instagram não te ajudarão a alcançar seus objetivos.

  • Pods do Instagram não melhoram a presença da sua marca no feed

Como já explicamos, mesmo um ótimo gerenciamento de grupos de engajamento só o ajudará a aparecer na aba “Explorar”. E, para isso, você deverá ter um uso de alta qualidade das hashtags, além de pertencer a vários grupos.

Os pods não te ajudam a se posicionar no feed de todos os seus seguidores, apenas no feed de quem interage com o seu conteúdo. Ou seja, no feed dos seus colegas de pod. Isso vale a pena?

  • O conteúdo dos seus colegas de grupos de engajamento pode prejudicar a imagem da sua marca

Suponha que você entre em um grupo de engajamento onde o repost seja a regra de interação. Você pensará, então, que suas publicações alcançarão muito mais pessoas, mas também terá que preencher sua conta com conteúdo que não seja da sua própria marca.

Pior ainda, o que acontece quando você tem que repostar um post que não gosta? Ou que você sabe que seus seguidores reais não vão gostar quando entrarem no seu feed?

Além disso, também existe a possibilidade de que os comentários feitos por seus colegas de pod não estejam alinhados com a natureza do seu conteúdo. Com isso, sua estratégia de engajamento por meio dos pods do Instagram estaria em evidência. Sem contar que tais comentários podem quebrar a harmonia do seu post.

  • Deixará de ter acesso a posts interessantes

De tanto interagir com todos os seus colegas de pod, você vai começar a ver apenas os posts deles no feed. Portanto, se você segue marcas, instagramers, empresas ou outros tipos de perfis que lhe interessam, essas postagens ficarão em segundo plano e você provavelmente deixará de vê-las, pois seu feed estará cheio de conteúdo irrelevante dos grupos de engajamento.

Então, como ter sucesso sem participar de grupos de engajamento no Instagram?

Primeiro, é importante que você internalize que o engajamento é uma relação próxima entre seus seguidores e sua marca. Muito mais do que curtidas, o engajamento é uma conversa que você pode estabelecer com quem quer receber seu conteúdo.

Essa conversa ocorre em um fluxo harmonioso entre curtidas, comentários, reposts, mensagens privadas e, sobretudo, respostas suas nos comentários feitos para você. Portanto, as interações devem ser capazes de transmitir uma verdadeira conexão emocional entre as partes.

Segundo, concentre-se em construir e nutrir uma comunidade real. Estratégias como o marketing de conteúdo são bastante poderosas e eficientes para esse fim. É melhor investir tempo na criação de conteúdo relevante para seu público, em vez de gastar horas e horas interagindo com postagens de pods do Instagram.

Grupos de engajamento podem ser eficazes para a conta de grandes influencers, mas não para contas pequenas ou médias.

Terceiro, é mais lucrativo que você dedique todos os seus esforços em estratégias profissionais e sem riscos.

Falando em interações, comentários e respostas... Deixe nos comentários suas dúvidas sobre grupos de engajamento do Instagram e responderemos o mais rápido possível.CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 19 de maio de 2020.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

FAQs sobre grupos de engajamento no Instagram

  • O que é um grupo de engajamento no Instagram?

    A estratégia dos grupos de engajamento no Instagram consiste em criar grupos de usuários que ajudam uns aos outros para aumentar o nível de engajamento. Como eles fazem isso? Bem, cada usuário se compromete, com seus pares, a interagir em suas postagens. Assim, cada um recebe o apoio de todos os outros ao postar uma imagem.

    Em outras palavras, “você me dá um like e eu te dou um like”. Dependendo de cada grupo do Instagram, o tipo de interação que deve ser realizada pode variar entre:

    • Curtidas.
    • Comentários.
    • Repost.
    • Menção a outros usuários nos comentários.
    • “Salvar na coleção”.
  • O que faz um grupo de engajamento no Instagram?

    O objetivo das interações do grupo de engajamento no Instagram é enganar o algoritmo da plataforma por meio de ações coordenadas (não orgânicas).

  • Porque grupo de engajamento é ruim?

    Pode-se dizer que os grupos de engajamento ou pods do Instagram estão no lado sombrio da força, pois se trata de uma estratégia com muitas características de black hat que não só busca burlar o algoritmo, mas que também pode trazer suas consequências negativas para os próprios participantes.

  • O que é o engajamento nas redes sociais?

    O engajamento é uma relação próxima entre seus seguidores e sua marca. Muito mais do que curtidas, o engajamento é uma conversa que você pode estabelecer com quem quer receber seu conteúdo.

    Essa conversa ocorre em um fluxo harmonioso entre curtidas, comentários, reposts, mensagens privadas e, sobretudo, respostas suas nos comentários feitos para você. Portanto, as interações devem ser capazes de transmitir uma verdadeira conexão emocional entre as partes.

También te pueden interesar...

O que é Instagram Reels e como usá-lo em sua estratégia de marketing
Como utilizar o TikTok Ads com sucesso [passo a passo]

¿Y tú qué opinas? ¡Déjanos aquí tus comentarios!