O que é remarketing no Google Ads e como implementar em sua estratégia

CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

Depois de ter falado sobre o Facebook Ads, chegou a hora de explicar o que é remarketing no Google Ads e trazer dicas de como usá-lo em sua estratégia de marketing. Como as redes sociais têm algumas limitações importantes para o remarketing -seus anúncios só podem ser exibidos dentro das próprias plataformas -, o Google Ads se torna uma ferramenta bastante atrativa. Neste artigo, vamos explicar como fazer remarketing no Google Ads e garantir que os anúncios de remarketing apareçam em todos os lugares.

O que é remarketing no Google Ads?

O Google Ads permite fazer remarketing a uma grande quantidade de usuários. Afinal, ele está conectado à famosa plataforma de publicidade Google Adsense, que exibe anúncios em uma porcentagem bastante alta de sites.

Conheça os 3 principais tipos de remarketing que podem ser feitos nesta poderosa ferramenta:

  1. Remarketing de display:  se faz presente em toda a rede Google Adsense que permite a exibição de anúncios relacionados ao tema do site ou de interesse do público, por exemplo, banners que aparecem nas laterais, topos e fundos dos sites.
  2. Remarketing no YouTube: o consumo de vídeos cresceu nos últimos anos, e as marcas precisam aproveitar esse momento de alta. Seus anúncios podem aparecer em qualquer uma das opções de publicidade do YouTube, embora o remarketing geralmente seja feito em TrueView In-Stream. O termo refere-se às propagandas que aparecem antes do vídeo e podem ser puladas após 5 segundos.
  3. Remarketing de pesquisa: de forma simplificada, esse tipo de remarketing mostra seu anúncio para as pessoas que visitaram seu site quando elas pesquisarem por palavras-chave pré-determinadas.

Uma combinação desses três tipos de remarketing ajuda a reforçar a imagem da sua empresa na mente das pessoas. Também há o tipo dinâmico, usado por grandes organizações como a Amazon: o anúncio mostra o produto exato procurado pela pessoa. Se você quiser ver como eles funcionam, basta colocar um produto no carrinho e não finalizar a compra no site da Amazon.

Todas essas estratégias ajudam no convencimento de alguém que quis comprar, mas não efetuou o pagamento.

Remarketing no Google Ads passo a passo

Depois de ver a teoria, vamos para a prática. Como existem vários tipos de remarketing, esta seção será dividida de acordo com o tipo.

Antes de mais nada: crie um público-alvo de remarketing

O primeiro passo é criar o público do seu site. Em outras palavras, você precisa dessa lista de pessoas que entraram na sua página e que você quer "bombardear" com o remarketing.

O sistema para criar o público pode soar bastante familiar, pois é muito semelhante ao do Facebook e do Twitter:

  1. Acesse o Google Ads.
  2. Clique em "Campanhas", depois em "Biblioteca Compartilhada" e selecione "Públicos".
  3. Escolha o tipo de público desejado, que provavelmente será "Visitantes do site", e clique em "Configurar remarketing".
  4. Copie a tag do Adwords ou envie para o e-mail de quem você quer que insira no site. Basta colocar todo o código selecionado entre as tags <head> e </head> da página em questão.

Assim que a tag estiver funcionando, o Adwords começará a coletar dados dos visitantes do site, landing page ou seção específica.

Remarketing de display

Deseja criar seus próprios banners (animados ou não) e anúncios de texto para a rede de display? Vamos lá!

  1. Clique em "Campanhas" e crie sua campanha em "+Campanha".
  2. Selecione "Apenas para a Rede de Display" e escolha qual objetivo melhor se adapta à sua situação.
  3. Dê um nome à campanha, defina um orçamento, programação, lances, extensões e qualquer outra informação conveniente. Se você tiver dúvidas sobre essa parte, deixe sua pergunta nos comentários que vamos ajudá-lo!
  4. Na parte "Segmentação", escolha "Interesses e remarketing" e clique no público criado na etapa anterior.
  5. Dê um nome e um lance ao seu grupo de anúncios.
  6. Crie quantos anúncios quiser nos diferentes formatos de tamanho do Google, sendo que o mais importante tem as dimensões de 300x250. Você também pode fazer banners de texto: basta adicionar a imagem no tamanho correto e nomear o anúncio com esse tamanho.

Depois de fazer tudo isso, seus banners de imagem ou texto começam a rodar na Internet.

Remarketing no YouTube

Seguindo os passos anteriores, em vez de escolher "Apenas para a Rede de Display", selecione "Vídeo" ao criar a campanha. Depois de configurar sua segmentação, orçamento e lances, você será solicitado a vincular um vídeo do YouTube enviado para uso no remarketing.

Depois, basta escolher a lista como antes e o anúncio começará a ser exibido onde você escolheu no YouTube.

Tudo pronto para impactar seus visitantes!

Com todas as informações de remarketing ao seu alcance, é hora de ver a conversão de uma boa porcentagem dos visitantes. Ainda mais se unir esforços nas três plataformas: Facebook, Twitter e Adwords.

Esta prática reduz o custo por lead e é uma ferramenta essencial em sua estratégia de marketing. Agora que você sabe o que é remarketing e como usá-lo, compartilhe nos comentários o que planeja fazer, vamos adorar ler!

CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 22 de setembro de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

FAQ sobre remarketing

  • O que é fazer remarketing?

    O remarketing é uma técnica de marketing online que permite exibir anúncios adaptados ou personalizados para os usuários que interagiram anteriormente com seu site, com o objetivo de obter um melhor ROI (retorno do investimento) das campanhas publicitárias.
  • Qual é o objetivo do remarketing?

    O principal uso do remarketing é alcançar aqueles usuários que visitaram uma loja online ou qualquer outro site e não concluíram o processo de compra ou conversão.
  • Como fazer remarketing no Google?

    O primeiro passo é criar um público-alvo de remarketing, adicionar a tag do Adwords ao site ou páginas desejadas e logo criar sua campanha de remarketing de display ou no Youtube. 
  • Quando fazer remarketing?

    o remarketing pode ser utilizado para reengajar potenciais clientes que demonstraram interesse em sua marca por meio de um método simples e direto: lembrando-os repetidamente de que o produto/serviço que você oferece pode ser útil para eles.

Outros artigos que podem te interessar...

Email marketing: o que é e passo a passo para criar a sua estratégia
MQL: o que são e como conseguir mais
Como fazer remarketing no Facebook e conseguir os melhores resultados

O que você acha? Deixe um comentário!