MVP: o que é um produto mínimo viável e como criá-lo

CTA- post-vertical-Desktop-Tiny

O primeiro passo que você deve dar no mundo do marketing para startups, e a melhor forma de acelerar o processo de adaptação de um novo produto ao mercado e ao cliente, é o Produto Mínimo Viável ou MVP. Mas a que se refere esse conceito usado no marketing? Neste artigo eu te explico em detalhe.

O que é um MVP ou Produto Mínimo Viável?

A sigla MVP (Minimum Viable Product), Produto Mínimo Viável, refere-se a uma versão parcial ou piloto de um produto ou serviço, criado da forma mais simples, para descobrir a demanda do seu potencial cliente.

A criação de um MVP é um primeiro passo fundamental para empreender no mundo do marketing para startups. Por meio dele você pode lançar um produto ou serviço no mercado de forma rápida, com custos de implementação reduzidos, evitando grandes perdas de capital.

Em outras palavras, o MVP é um meio para desenvolver um processo de validação apoiado no incentivo ao uso do produto ou serviço por pessoas com maior probabilidade de adquiri-lo.

Além de colaborar diretamente com os clientes, o MVP permite a obtenção de dados importantes para a análise do comportamento dos seus futuros clientes e o aperfeiçoamento do produto.

Portanto, o MVP responde ao princípio do qual todos empreendedores deveriam partir: evitar construir algo que não interessa a ninguém, aprender o máximo investindo o mínimo e coletar informações que auxiliem no aperfeiçoamento do plano de trabalho inicial.

Produto mínimo viável (MVP)

Objetivos do MVP

  • Evitar a criação de um produto que ninguém deseja.
  • Maximizar o aprendizado sobre os clientes.
  • Obter evidências da aceitação do produto no mercado.
  • Determinar o próximo passo da empresa e a possível diversificação e aperfeiçoamento do produto.

Tipos de MVP

Existem 2 tipos de produto mínimo variável:

  • MVP de baixa fidelidade: refere-se a produtos mais simples de fabricar para obter resultados básicos sobre o entendimento das necessidades do cliente.
  • MVP de alta fidelidade: refere-se à criação de um produto mais desenvolvido e que, portanto, requer mais tempo e dedicação.

Principais ferramentas para criação do MVP

No mercado já existem algumas ferramentas que ajudam na criação do MVP. Algumas delas são:

  • Campanhas do Google Adwords
  • Sketching
  • Mock ups
  • Plataformas de crowdsourcing.
  • Vídeos explicativos.
  • Criação de landing pages
  • Crash test (teste do produto)

Para escolher a ferramenta certa para o seu negócio é necessário levar em consideração fatores como a confiabilidade do produto, o alcance que você deseja obter e o custo e tempo de investimento necessários.

É importante também ressaltar que o MVP pode dar problemas, já que se trata de algo reduzido (mínimo) em relação ao que você de fato poderá oferecer.

Produto vs experimento

Outro aspecto controverso é relacionar o MVP com a palavra “produto”, que remete a algo acabado e polido, diferente da real proposta do MVP. Por isso vale a pena pensar no MVP mais como uma “experiência” ou um “piloto” e não um produto.

O MVP seria um experimento empresarial ou uma estratégia para avaliar rápida e quantitativamente uma ideia no mercado, reduzindo perdas e colocando o produto nas mãos dos usuários o quanto antes.

E você? Já implementou alguma estratégia de MVP? Compartilhe este conteúdo e me conte nos comentários a sua opinião.

CTA - Post - Vertical- Desktop

Publicado em 23 de setembro de 2022.

Revisado e validado por Jalusa Lopes, Country Manager da InboundCycle Brasil.

FAQ sobre MVP ou Produto Mínimo Viável

  • O que significa um MVP?

    A sigla MVP (Minimum Viable Product), Produto Mínimo Viável, refere-se a uma versão parcial ou piloto de um produto ou serviço, criado da forma mais simples, para descobrir a demanda do seu potencial cliente. 

  • Quais são os tipos de MVP?

    Existem 2 tipos de produto mínimo variável:

    • MVP de baixa fidelidade: produtos mais simples de fabricar para obter resultados básicos sobre o entendimento das necessidades do cliente.

    • MVP de alta fidelidade: produto mais desenvolvido e que, portanto, requer mais tempo e dedicação.
  • Qual é uma vantagem do MVP?

    O MVP permite lançar um produto ou serviço no mercado de forma rápida, com custos de implementação reduzidos, evitando grandes perdas de capital.

  • Como criar o MVP?

    No mercado existem algumas ferramentas que ajudam na criação do MVP. Pesquisas online, Campanhas do Google Adwords e Crash test são alguns exemplos.

Outros artigos que podem te interessar...

Haters? Saiba como lidar e transformá-los em aliados do seu negócio
Casos de sucesso: veja exemplos de inbound marketing
Copyright: o que é e como usá-lo para proteger o seu site?

O que você acha? Deixe um comentário!